Resumo critico do livro bras bexiga barra funda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4591 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Brás, Bexiga e
Barra Funda
LITOBR2101
Antônio de Alcântara Machado
CONTEXTUALIZAÇÃO LITERÁRIA
O AUTOR
Antônio de Alcântara Machado nasceu em São Paulo, em 1901 e faleceu, com 34 anos de idade, no Rio de Janeiro em 1935. Filho e
neto de professores da Faculdade de Direito de São Paulo, aí também se formou em Ciências Jurídicas e Sociais em 1923.
Apesar de sua formação profissional e desua descendência aristocrática, que incluía professores, juristas, senadores, diplomatas
e veteranos de campanhas do Império, optou pela literatura e pelo jornalismo, tendo como primeira obra publicada Pathé Baby
(1926), com prefácio de Oswald de Andrade, de quem recebera muita influência: um livro de crônicas e reportagens escritas na
Europa em 1925 e enviadas ao Jornal do Comércio, onde setornara redator-chefe em 1924.
Integrando o movimento que promoveu a semana de arte moderna, em 1922, e na busca de uma renovação literária, Antônio de
Alcântara Machado participou como redator e colabordor da edição das revistas Terra Roxa e Outras Terras (1926), Antopofagia
(1928) e ainda fundou a revista Nova (1931-1932).
Sua temática aponta para as inovações urbanas ocorridas no período dosanos 20 e 30, quando tem início a industrialização na
cidade de São Paulo e, em especial, nos bairros ocupados por imigrantes italianos, cujo registro de traços comportamentais e
linguísticos se encontra bem caracterizado em Brás, Bexiga e Barra Funda (1927).
Outras obras de Alcântara Machado: Laranja-da-China (1928); Anchieta na Capitania de São Vicente (1928); Comemoração de
Brasílio Machado(1929), e as obras póstumas: Mana Maria (1936), um romance inacabado, mais contos esparsos e Cavaquinho
e Saxofone (1940), compreendendo crônicas e artigos de várias fases de sua carreira jornalística.
Em 1961, a Editora José Olympio publica Novelas Paulistanas, reunindo sob esse título quatro obras anteriores: Brás,Bexiga e
Barra Funda, Laranja-da-China, Mana Maria e Contos Avulsos.
OCONTEXTO
A expressão literária não tem como dissociar-se do contexto sócio-político porque toda produção estética, ainda que apontando
para o seu próprio fazer, traz na sua estrutura, na sua ordenação, as marcas da organização social e política em que está inserida.
A eletricidade e as invenções tecnológicas que nos trouxeram velozes e precisas máquinas, como o automóvel e o avião, alteraram
o ritmode vida do homem moderno, verticalizaram o visual urbano e operaram transformações na maneira de observar o universo e
de com ele se relacionar. Nada mais poderia ser como antes. A velocidade ganha espaço no cotidiano do habitante citadino; as
descobertas de Freud sobre a compreensão do inconsciente e a realidade dos “atos falhos”como os desejos reprimidos do homem,
o cinema e suasexperimentações com a imagem em movimento, as sequelas da primeira guerra mundial, a Revolução Russa e a
ditadura do proletariado são fatos que acabam por abalar as conexões dos intelectuais da época do primeiro tempo modernista.
No Brasil, começa a tomar consistência um sentimento voltado para o nacionalismo, para a nossa identidade e um afastar-se das
formas arcaicas, pedantes e artificiais impostas pelomodelo europeu, que não se coaduna com a realidade de natureza mestiça de
que é constituído o país, abrigo de imigrantes de várias partes da Europa e da África, principalmente.

2 BRÁS, BEXIGA E BARRA FUNDA
LITOBR2101
Em São Paulo, nas duas primeiras décadas deste século, à economia rural, em especial à do café,vem juntar-se a industrialização,
embora ainda incipiente, que atrai boa parteda mão-de-obra imigrante do campo. O Moinho Matarazzo, no bairrro do Brás, que
produz produtos de farinha de trigo e massas alimentícias, impulsiona a industrialização em larga escala e oferece trabalho
assalariado à maioria dos imigrantes italianos, transformando o bairro no reduto dos “italianos”, no português “macarrônico”,
fruto das mesclas lingüísticas.
Oswald de Andrade retorna da...
tracking img