Resumo contabilidade no mundo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6624 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES

CONTABILIDADE INERNACIONAL

CONTABILIDADE NO MUNDO

1. CONTABILIDADE NO BRASIL
A história recente da contabilidade no Brasil teve início na década de 70, com o desenvolvimento ainda embrionário do mercado de capitais e com a reforma bancária. Os principais passos foram:
a) obrigatoriedade de as companhias abertas terem suas demonstrações contábeis auditadaspor auditores independentes:
b) publicação da Circular n° 179/72 pelo Banco Central do Brasil, padronizando a estrutura e forma de apresentação das demonstrações contábeis das companhias abertas; e
c) influência da escola norte-americana de contabilidade com o início do estudo sobre princípios contábeis e a promulgação da Lei nº 6.404/76 sob esta influência.
Até então, a contabilidade noBrasil foi marcada pela forte influência da legislação tributária, que determinava procedimentos contábeis para classificação de contas e apropriação de receitas e despesas, nem sempre adequadas à luz da teoria contábil.
O desenvolvimento da contabilidade no Brasil, também, está fortemente atrelado ao desenvolvimento econômico do país. No período de 1970 a 1975 o Brasil experimentou taxas decrescimento econômico do Produto Interno Bruto, despertando o interesse de investidores e bancos estrangeiros, principalmente pela abundância de recursos disponíveis à época.
Importante registrar outros dois fatos marcantes na história do desenvolvimento histórico da contabilidade no Brasil:
a) Em 1987, a CVM editou a Instrução 64, determinando a elaboração de demonstrações contábeis complementares emmoeda de poder aquisitivo constante (correção integral) para companhias abertas. Oportuno lembrar que, por meio da Lei n° 9.249/95, o Governo proibiu qualquer tipo de indexação nas demonstrações financeiras; e
b) Em 1993, o Conselho Federal de Contabilidade editou a Resolução 750, estabelecendo os Princípios fundamentais de Contabilidade (atual Resolução CFC nº 1.282/10).
2.1 –Ambiente legal e regulamentar da contabilidade no Brasil
A contabilidade brasileira tradicionalmente foi vinculada à legislação (originariamente à tributária e depois à societária em conjunto) e à regulamentação por organismo governamentais (Banco Central do Brasil, Superintendência de Seguros Privados, Comissão de Valores Mobiliários, entre outros), sendo politicamente fraca a influência de órgãos declasse ou institutos representativos da profissão para determinação dos procedimentos contábeis.
O ambiente em que se desenvolveu a contabilidade brasileira mostra sua forte vinculação com “bookkeeping” (escrituração), inclusive pela própria formação educacional, em que cursos de contabilidade eram ofertados em nível secundário (técnico de contabilidade), e somente a partir de 1946 passou a havercursos de bacharelado em ciências contábeis em nível universitário.
Como uma das consequências, apenas em 1972 foi divulgada a expressão “princípios contábeis” pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC (Resolução 321/72) e pelo Branco Central do Brasil – BC (circular 179/72), tornando obrigatória a sua observancia pelas companhias abertas.
Entretanto, nem o CFC nem o BC, responsável pelafiscalização do mercado de capitais até a criação da CVM, chegaram a definir o que e quais eram os princípios contábeis. Prevaleceram informalmente os conceitos sobre princípios contábeis geralmente aceitos que eram ministrados em cursos de graduação sob influência da escola norte-americana de contabilidade, principalmente na Universidade de São Paulo (USP).
O Instituto dos Auditores Independentesdo Brasil – IAIB (atual IBRACON), mesmo com a responsabilidade de definir modelos e padrões de pareceres de auditoria, também não chegou a detalhar quais eram os princípios de contabilidade geralmente aceitos que deveriam ser observados pelas companhias abertas na elaboração das suas demonstrações financeiras. Cumpre salientar que o parecer do auditor deveria mencionar obrigatoriamente se as...
tracking img