UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN
CURSO DE GRAGUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (BACH.).
DISCIPLINA: FILOSOFIA DAS CIÊNCIAS NATURAIS
DOCENTE: ANDREH SABINO RIBEIRO
DISCENTE: ANNECAROLINE ALMEIDA GONÇALVES
MOSSORÓ-RN- 20 DE DEZEMBRO DE 2012
Resumo: CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. 5. ed., São Paulo, Ática, 1996, págs., 252-262.
As principais concepções de ciência têmsido três: Racionalista, tinha modelo objetivo a matemática que é um conhecimento racional dedutivo e demonstrativo capaz de provar a verdade obrigatória dos fatos sem deixar qualquer dúvida, erahipotético-dedutivo construía teorias elaborava hipóteses era deduzidas e garantia estabelecer axiomas. Empirista, acredita na experiência como principal formadora de ideias que ofereciam a definição doobjeto suas propriedades e leis. Era hipotético-indutivo que parte da observação e experimentação para formar relações, hipóteses e conceitos. Ambas possuíam o mesmo pressuposto e acreditavam que aciência era uma espécie de raio-X da realidade. Construtivista, nesta há dois procedimentos das concepções anteriores e foi acrescentado mais um que é o conhecimento aproximativo e corrigível, porém, aciência não espera que apresente uma verdade absoluta, mas sim estrutura que possa ser coerente, corrigida e modificada, tenham em sua base a observação e experimentação.
A ciência antiga e a modernasão distintas em várias características e a sua principal diferença é que a antiga fazia apenas observações e a moderna faz experimentos, e pode ser corrigida, ou seja, difere na maneira de encarar ainteração entre o observador e a coisa observada.
Duas são as mudanças cientificas: A passagem do racionalismo e empirismo para o construtivismo e a outra a passagem da ciência antiga para a moderna.Ate certo tempo acreditava-se que a ciência era uma linha reta continua e homogênea que sempre evoluía e progredia, porém foi provado que era diferente, ou seja, era descontínua e tinham... [continua]

Ler trabalho completo

Citar Este Trabalho

APA

(2013, 03). Resumo: chauí, marilena. convite à filosofia. 5. ed., são paulo, ática, 1996, págs., 252-262.. TrabalhosFeitos.com. Retirado 03, 2013, de http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Resumo-Chau%C3%AD-Marilena-Convite-%C3%A0-Filosofia/640326.html

MLA

"Resumo: chauí, marilena. convite à filosofia. 5. ed., são paulo, ática, 1996, págs., 252-262." TrabalhosFeitos.com. 03 2013. 2013. 03 2013 <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Resumo-Chau%C3%AD-Marilena-Convite-%C3%A0-Filosofia/640326.html>.

MLA 7

"Resumo: chauí, marilena. convite à filosofia. 5. ed., são paulo, ática, 1996, págs., 252-262.." TrabalhosFeitos.com. TrabalhosFeitos.com, 03 2013. Web. 03 2013. <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Resumo-Chau%C3%AD-Marilena-Convite-%C3%A0-Filosofia/640326.html>.

CHICAGO

"Resumo: chauí, marilena. convite à filosofia. 5. ed., são paulo, ática, 1996, págs., 252-262.." TrabalhosFeitos.com. 03, 2013. Acessado 03, 2013. http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Resumo-Chau%C3%AD-Marilena-Convite-%C3%A0-Filosofia/640326.html.