Resumo caso dos exploradores de cavernas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2006 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Re

Em princípios de maio de 4299 cinco membros da sociedade Espeleológica (uma organização amadorística de exploração de cavernas) penetraram no interior de uma caverna formada por pedras calcárias, quando já estavam bem distantes da entrada ocorreu um deslizamento de terras e grandes pedras caíram, bloqueando a única entrada da caverna. Seus familiares, preocupados com o não retorno doshomens, noticiaram o fato ao secretário da sociedade. Os exploradores haviam deixado na sede da sociedade indicações do local da expedição e da caverna a ser explorada. Imediatamente, uma expedição de resgate foi enviada para o local. Foram requisitados muitos homens e muitas máquinas para a difícil tarefa. Enquanto trabalhavam, novos desmoronamentos aconteciam, o que resultou na morte de deztrabalhadores.
A comunicação entre os exploradores e a equipe se deu no vigésimo dia após o desabamento, quando a equipe de socorro descobriu que os exploradores tinham consigo um rádio capaz de transmitir e receber mensagens. Eles levaram na expedição escassas provisões e, dentro da caverna não havia animais, nem vegetação com os quais eles pudessem subsistir. Os exploradores pediram quanto tempo maislevaria para que eles fossem libertados e lhes foi respondido que no minimo dez dias .Então solicitaram uma opinião médica, se por acaso eles teriam uma chance de sobrevivência ficando sem comida por mais dez dias, o chefe do comitê médico afirmou que havia poucas possibilidades de sobrevivência.
O chefe dos médicos foi posto na frente do comunicador e Roger Whetmore, um dos exploradores, falandopor todos, inclusive por ele mesmo, perguntou se eles teriam condições de sobreviverem consumindo carne do corpo de um deles. O médico, com relutância, respondeu de forma afirmativa. Whetmore perguntou se seria aconselhável para eles tirarem a sorte para determinar qual deles seria a vítima. Nenhum dos médicos presentes se disponibilizou a responder a pergunta. Whetmore, então perguntou se haviaentre os presentes um juiz ou outro oficial do governo que pudesse responder tal questão, nenhum dos presentes se apresentou como conselheiro. Perguntou ainda, se um padre ou um ministro poderia sugerir algo, porém, ninguém se qualificou. Após isso, nenhuma mensagem foi recebida de dentro da caverna e, assumiu-se erroneamente que a bateria do comunicador dos exploradores havia descarregado. Apenas,com a libertação dos exploradores presos, descobriu-se que no vigésimo terceiro dia, após a entrada na caverna, Whetmore foi morto e serviu de alimento a seus companheiros.
Após o resgate, os exploradores sobreviventes fora indiciados pelo crime de assassinato, foram condenados e sentenciados a serem enforcados pelo Tribunal de Primeira Instância do Condado de Stowfield. Os réus apelaram,apresentando argumentos e fatos necessários para tal apelação.
Dos depoimentos dos réus que foram aceitos pelos jurados, evidencia-se que Whetmore foi quem primeiramente propôs que eles deveriam alimentar-se da carne de um dos presentes na expedição, sem a qual a sobrevivência seria impossível. E também, foi Whetmore quem primeiro propôs que se usassem algum método para tirar a sorte, chamando aatenção dos exploradores para um par de dados que ele teria consigo. Os réus, inicialmente, relutaram em adotar tal procedimento, mas, visto que não sobreviveriam sem alimento, finalmente, concordaram com o plano proposto.
Antes dos dados serem arremessados, Whetmore retirou-se do acordo, pois decidiu, devido à reflexão, aguardar mais uma semana para tomar tal decisão. Seus companheiros então o acusaramde quebra do acordo e continuaram arremessando os dados. Quando chegou a vez Whetmore, este se recusou e os dados foram lançados por um dos réus e o resultado foi contrário à Whetmore, que foi morto e consumido por seus companheiros.
Devido à complexidade dos fatos apresentados, como: o estado de desespero, a falta de esperança dos envolvidos, a escolha da vítima pela sorte, homicídio...
tracking img