Resumo capitulo 7- a arquitetura islamica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1499 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A ARQUITETURA ISLÂMCA
Ideia central: Os seguidores da religião fundada pelo profeta Maomé passaram por um processo evolutivo, mas que levou a resultados bastante diferentes à medida que construíam prédios que servissem ao islamismo e o simbolizassem. Edificações distintas são construídas para os primeiros três níveis de oração. Para os cultos diários (exceto nas sextas-feiras), pequenos gruposde féis utilizam a masjd, uma edificação de tamanho modesto que contém um nicho para orações, mas não tem um salão específico para culto. Para a reza universal, uma cidade muçulmana deve ter um idgab, um espaço ao ar livre muito grande, com um grande muro para orações em um de seus lados. Os fiéis se reúnem em fileiras muito próximas entre si, se colocando o mais próximo possível do muro de oração,o que explica sua forma de quadrado ou retângulo largo bastante diferente da que encontramos nas plantas baixas longas e estritas das igrejas cristãs ou das plantas baixas centralizadas das igrejas bizantinas. Ideias parciais: Os Primeiros Templos e Palácios Islâmicos, A Concepção da Mesquita, As Variações Regionais dos Projetos de Mesquita, Túmulos, Casas e Padrões Urbanos e o Palácio e oJardim. OS PRIMEIROS TEMPLOS E PALÁCIOS ISLÂMICOS Em suas primeiras edificações, os árabes islâmicos que, na maioria, eram nômades, assimilaram as técnicas e formas das diversas civilizações que encontraram em suas viagens. As influências síria e cristã são evidentes em um dos mais proeminentes templos antigos, a Cúpula da Rocha em Jerusalém. O templo foi construído cuidadosamente em torno dessa rocha esua porção central a cobre com uma cúpula e uma nave concêntrica que permite o circungiro dos fiéis. A forma da edificação provavelmente deriva de precedentes cristãos. A CONCEPÇÃO DA MESQUITA O tipo de edifício mais associado ao Islamismo é a Mesquita, principal local para culto, que derivou de diversas fontes. Entre suas origens se encontram a Casa do Profeta, em Medina, igrejas cristãs etalvez até mesmo os salões de audiência dos reis persas. A grande Mesquita de damasco é a mais antiga mesquita remanescente e ilustra o processo ao longo do qual a tipologia se desenvolveu. O terreno é ocupado ha muito tempo, pois anteriormente avia um tempo romano dedicado a Júpiter e uma igreja paleocristã do século IV dedicada a São João Batista. Durante certo tempo após a conquistas da cidade tantocristãos como muçulmanos oravam no local, mais em 706 a igreja existente foi derrubada e o califado de al-Walid I construiu uma mesquita impressionante, baseada em parte nas igrejas com planta baixa em forma de basílica tripartida com nave central e duas naves laterais.

AS VARIAÇÕES REGIONAIS DOS PROJETOS DE MESQUITA Uma vez que as mesquitas têm sido construídas em grande parte do mundo, nãoseria possível representar toda sua diversidade nesse breve fichamento. A discussão a seguir concentra-se: 1- Mesquitas colunadas ou com salões hipostilos – preferidas na Arábia, no norte da África e na Espanha. É composta de arcos mouriscos (em forma de ferradura) policromáticos que foram sobrepostos e que dominam o interior, também emprega em sua cúpula arcos entrelaçados. Um exemplo desseestilo é a grande Mesquita de al-Mutawakkil no Iraque. 2- Mesquita com iwan – populares no Irã e na Ásia central, as quais consistem de um pátio interno retangular ladeado por grandes espaços – os iwans – muitas vezes abobadados. Um exemplo desse estilo é a Mesquita de Bibi khanum no Uzbequistão. 3- Mesquitas com cúpulas múltiplas – encontradas na Turquia, sua construção é notável por sua geometria dequadrados claramente articulados, os minaretes se erguem nas quinas onde os quadrados se tocam. Um exemplo desse estilo é a Mesquita de Slimiye em Edirne, construída pelo arquiteto Koca Sinan. TÚMULOS Uma mesquita muitas vezes incluía o tumulo de seu fundador ou de um santo. Sepulcros monumentais independentes (mausoléus), geralmente cupulados se tornaram populares no século X. A ideia de...
tracking img