Resumo cap 23 ao 30, o leviatã - thomas hobbes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2385 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo cap 23 ao 30, o Leviatã - Thomas Hobbes

Cap. 23 – A respeito dos ministros públicos do poder soberano

Ministro público é o que é encarregado pelo soberano – quer este seja um monarca ou uma assembleia – de qualquer missão, com autoridade no desempenho dessa missão, para representar o Estado.
Alguns ministros públicos, têm a seu cargo a administração geral, quer de todo odomínio, quer de uma parte dele. Ainda há os que têm administração especial, como para a economia,milícia, instruir ou permitir que outros instruam o povo com conhecimento do que é justo e injusto. Também são a eles concedidos os poderes judiciais, já que suas sedes de justiça representam a pessoa do Soberano, portanto sua sentença é a sentença dele. São ministros porque estão à serviço dapessoa representativa. Públicos, porque a servem em sua capacidade política.

Cap. 24 – Sobre a nutrição e procriação de um Estado

O alimento de um Estado consiste nos bens do mar e da terra, e em sua correta distribuição. Toda propriedade privada da terra deriva, originariamente, da distribuição arbitrária pelo soberano.
A propriedade de um súdito não excluio domínio do soberano, mas apenas o dos outros súditos. O Estado pode reservar algumas terras para seu próprio uso. As leis de transferência da propriedade também competem ao soberano.
É, também, o Estado que aprova e desaprova todas as formas de contrato, internamente e com estrangeiros.
O dinheiro - mandado cunhar em qualquer material, pelo soberano – constitui na medidasuficiente do valor de todas as outras coisas, entre os súditos desse Estado. O ouro e a prata possuem valor devido à sua própria matéria, possuem o privilégio de não poder ter seu valor alterado pelo poder de um Estado, pois são medidas de bens em todos os lugares.
As colônia são as filhas do Estado, podendo se tornar Estados independentes com o pacto de honra e amizade, ou podem permanecer unidasa metrópole e serão, neste caso, províncias e parte integrante do Estado.

Cap. 25 – Sobre o conselho

Ajuizar da natureza das coisas, por meio do uso vulgar e inconstante das palavras pode ser falacioso e é coisa que em nada aparece mais claramente do que na confusão entre os conselhos e as ordens, derivados da maneira imperativa utilizada de falar em ambos.
Ordem é quando alguém diz“faze isto” ou não faças isto”, e não já lugar para esperar outra razão a não ser a vontade de quem o diz. Quem ordena visa com isso seu próprio benefício, visto que o objetivo natural da vontade de todo homem é sempre algum benefício.
Conselho é quando alguém diz “faze isto” ou “não faças isto” e deduz suas razões do benefício que daí acarreta para aquele a quem o diz. Então, torna-se evidenteque aquele que dá conselho pretende apenas – seja qual for sua intenção oculta, o benefício daquele a quem o dá.
Um homem pode ser obrigado a fazer aquilo que lhe ordenam, como quando fez a promessa de obedecer, mas ninguém pode ser obrigado a fazer o que lhe aconselham, porque o prejuízo resultante de não seguir o conselho é apenas o seu próprio. Caso tenha feito a promessa de segui-lo, oconselho já adquiriu a natureza de uma ordem.
São conselhos acompanhados de sinais a exortação e a dissuasão, e aquele que os faz demonstra um veemente desejo de que eles sejam aceitos. A exortação e a dissuasão têm em vista o bem de quem dá o conselho, não de quem o pede, o que é contrário ao dever de um conselheiro.
O uso da dissuasão e da exortação só tem sentido quando alguém se dirige a umamultidão. Quando o discurso é dirigido a uma só pessoa esta pode interromper o orador, examinando suas razões com mais rigor do que pode ser feito por uma multidão. São conselheiros corruptos os que exortam ou dissuadem, mesmo que o conselho seja bom só o foi dado por interesse próprio. Ninguém pode ser considerado bom conselheiro a não ser naquelas questões em que não apenas seja muito...
tracking img