Resumo: aprender antropologia, laplantine

Resumo: Aprender Antropologia, LAPLANTINE






Oi pessoal, neste resumo recuperei os aspectos que envolvem o processo do trabalho de pesquisa na antropologia, a partir do texto de Laplantinesobre a pesquisa antropológica.
Atraves dele, obtive alguns pontinhos que fizeram a diferença. Então decidi postar aqui para que vocês possam usa-lo mais tarde como apoio caso trabalhem com essetexto. Priorizei os pontos mais trabalhados em sala de aula.
Aproveitem, mas nada de Ctrl + C heim!!



INTRODUÇÃO

Neste estudo vamos discutir oito capítulos do livro “Aprender Antropologia” doantropólogo francês François Laplantine (1943), este que volta suas pesquisas para os campos da antropologia da doença e das religiões, além de dar sua atenção às relações da antropologia com aescrita. Estas abordagens, por ele são estudadas, em sua maioria na America latina (e com mais saliência o Brasil). Estes capítulos são: Uma ruptura metodológica: a prioridade dada à experiência pessoaldo “campo”; Uma inversão temática: o estudo do infinitamente pequeno e do cotidiano; Uma exigência: o estudo da totalidade; Uma abordagem: a analise comparativa; As condições de produção social dodiscurso antropológico; O observador, parte integrante do objeto de estudo; Antropologia e literatura; As tensões constitutivas da prática antropológica., e tendo-os como base, buscamos aqui recuperar osprincipais aspectos que envolvem o processo do trabalho de pesquisa na antropologia. Para isto, abordaremos cada um destes tópicos respectivamente.

1- UMA RUPTURA METODOLOGICA: prioridade dada àexperiência pessoal do “campo”


Este primeiro capítulo trata da abordagem antropológica de base - esta que diz respeito à “observação direta dos comportamentos sociais a partir de uma relaçãohumana” (Laplantine) -, que surgiu para desconstruir a antropologia especulativa que até então predominava com características propriamente filosóficas, já que em sua metodologia não predominava o a...
tracking img