Respostas Aula tema 08

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 202 (50446 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de maio de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
Vício em pornografia
Como parar?

Uma compilação emergencial em português com os desafios, estudos e soluções
encontradas ao redor do mundo por aqueles que enfrentaram na pele este
problema e finalmente conseguiram se recuperar.
www.vicioempornografiacomoparar.com
1ª Edição (Janeiro de 2014).

Atenção
Este e-book é dedicado a todos aqueles que sofreram com o vicio em pornografia,
sofrem ou quevirão a sofrer, mas, sobretudo, aos que estejam cansados de sofrer!
A distribuição deste livro é gratuita. Porém, você NÃO tem permissão para vender,
editar, inserir comentários, ampliar ou reduzir este material. As informações
contidas neste livro podem ser reproduzidas, mas desde que referenciada a fonte:
www.vicioempornografiacomoparar.com

2

Sumário
Introdução. Pág. 04

Parte I- O Problema:Capítulo 1: O que é o vicio em pornografia? Pág. 17
Capítulo 2: As consequências do vicio em pornografia. Pág. 27
Capítulo 3: A relação entre impotência sexual e o vicio em pornografia. Pág. 37

Parte II – As soluções encontradas:
Capítulo 4: É possível parar? Relatos de quem parou. Pág. 61
Capítulo 5: Como parar? O programa de restauração do cérebro. Pág. 71
Capítulo 6: Resultados esperados –Lista de benefícios. Pág. 81

Parte III- Como usá-las:
Capítulo 7: Dicas e ferramentas para utilizar durante a restauração. Pág. 94
Capítulo 8: 50 Perguntas e respostas frequentes. Pág. 109
Capítulo 9: Alertas e observações finais. Pág. 150

Bônus:
Capítulo Bônus: A pornografia e as mulheres. Pág. 160

Conclusão, fontes e referências. Pág. 180

3

Introdução
Porque este livro foi escrito?
Este livrofoi escrito devido à evidente falta de artigos sérios e de materiais
realmente úteis, com abordagens e estudos corretos sobre o tema do vicio em
pornografia em língua portuguesa e voltados prioritariamente para o público
brasileiro.
Na internet, sobretudo no Brasil, abundam sites que falam sobre os
malefícios da pornografia, o quanto ela pode ser danosa para as nossas vidas, como
o vicio seinstala, quantas pessoas sofrem deste “mal”, como o número de viciados
cresce ano após ano, como é difícil parar, etc. Porém, nunca nenhum site, artigo ou
texto deu a atenção correta em relação à cura ou apontou para a real solução para
o problema. Nenhum site lhe dá o “como” parar ou o que fazer para poder escolher
romper com o hábito de ver ou acessar sites pornográficos.

O problema das abordagensincorretas.
Na verdade muitos sites ou artigos até tentaram discorrer sobre essa parte,
mas a maioria possui uma abordagem: A) pseudoreligiosa - que não entende muito
bem as reais causas do problema, preferindo camufla-las ao associá-la com efeitos
paranormais, “encostos”, “mal olhados” e todo o tipo de influências e suposições
inúteis, que apesar de serem muito bem intencionadas, só tem piorado aquestão.
B) abordagens pseudopsicológicas - que tendem a associar o vício em pornografia
com possíveis traumas de infância ou problemas relacionados com a orientação
4

sexual do individuo e C) abordagens preconceituosas – que procuram consciente
ou inconscientemente associar o vicio em pornografia a alguma espécie de
“safadeza”, “preguiça”, “falta de vontade”, ou mesmo a algum “problema decaráter”
ou algo do gênero, sendo que a única coisa que essas abordagens têm contribuído
até o momento é em reforçar ainda mais os preconceitos existentes em relação ao
tema, tendo como resultados práticos e contra produtivos o aprofundamento da
culpa, da vergonha e da impotência nos indivíduos que sofrem com isso e estão
tentando desesperadamente mudar este quadro.
Em outras palavras, essas abordagens,ao menos da forma que estão sendo
colocadas, tem sido completamente inúteis. E se são inúteis, a questão é: Porque
essas abordagens existem e porque essas abordagens são a maioria? Atribuo à
existência dessas abordagens ao fato destes sites ou textos terem sido escritos por
pessoas que não sofrem com isso realmente e que acham que podem ajudar os
outros com suas teorias e idiossincrasias de...
tracking img