Resposta c

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2681 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Gestão
Tamanho do Texto    A+    A- 
Enquete
Pontos de reflexão
Executivos de RH falam dos desafios e perpectivas da área e mostram as recompensas de trabalhar com gestão de pessoas
Caroline Marino e Cristina Morgato
Recomende

|
Pianucci, da MetLife: conciliar três diferentes clientes do RH, que são os funcionários, os gestores e a alta direção |

O que os jovens profissionaisque atuam em recursos humanos esperam da área? Com relação aos aspectos gerais da profissão de RH, 69% dos 755 jovens desse segmento pesquisados pela NextView People, empresa especializada em estudos e pesquisa de tendências de gestão de pessoas, acreditam que a área terá cada vez mais importância nas companhias; 46% acreditam que há chances de construir uma bela carreira com investimentos emqualificação e 38% apontam "estratégias e remuneração" como foco para melhoria de conhecimentos.

O levantamento, encomendadopela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-Nacional) com vistas à elaboração do Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas - CONARH 2011, mostra, ainda, que dentre as dificuldades que o jovem profissional de RH enfrenta no setor em que atua, a falta dereconhecimento, de oportunidade de entrada e crescimento na área, além da baixa remuneração e clima organizacional foram os pontos mais destacados pelos entrevistados. Para os profissionais com mais de dez anos de carreira, a falta de reconhecimento, profissionais despreparados, resistência à mudança, falta de visão estratégica e pouco investimento no setor são as maiores dificuldades encontradas no mundocorporativo do RH.

Mas nem só de dificuldades é feita a vida desses profissionais. A possibilidade de provocar um impacto positivo na vida das empresas e das pessoas é um dos pontos mais gratificantes de atuar na área, conforme diz o diretor de RH da MetLife Brasil Jair Pianucci. Ele é um dos 11 executivos de recursos humanos ouvidos por MELHOR para sondar quais, além dos pontos positivos, são osprincipais obstáculos nos próximos anos. Próximos de comemorar o dia do profissional de RH, em 6 de junho, nada mais justo do que ouvir deles suas expectativas. Para Pianucci, o maior desafio é conciliar as três diferentes expectativas dos três diferentes clientes primários do RH: os funcionários em geral, que querem e demandam serviços de RH eficientes; os gestores, que demandam ferramentas deprogramas de people management eficazes que facilitem o trabalho de atrair, reter e desenvolver gente dequalidade; e a alta direção, que espera que o RH aporte workforce solutions aos negócios e que se engagem na formulação das estratégias do negócio. "Essas três demandas são muito distintas e o atendimento delas requer um leque amplo de competências", diz. A seguir, confira o que dizem outrosexecutivos.

OUVIR A ORGANIZAÇÃO
Maria de Fátima Albuquerque , diretora de relações humanas da Totvs, começou sua carreira em TI, atuando em organizações como o Banco do Estado do Espírito Santo, estado onde também participou da direção de entidades de classe, como a Assespro e o Núcleo SOFTEX. Tornou-se, então, franqueada (e fmais tarde funcionária) da Datasul, onde fez parte do Comitê de Integraçãona fusão entre a empresa e a Totvs (em 2008). Ingressou no RH em 2009.

Qual é o maior desafio em ser RH?
São vários. Ouvir a organização e, ao mesmo tempo, planejar e executar o que será diferencial para a estratégia da empresa, entender o que é mais valorizado pelas pessoas em cada nível de carreira ou área, além de construir programas que reflitam isso dentro do estilo da empresa e tornaro resultado visível a todos.
 
O que é mais gratificante em trabalhar com RH?
Mergulhar na alma da empresa e conhecer sua estratégia e expectativa, sem perder de vista os indivíduos, ter o apoio forte da alta administração e conseguir realizar projetos críticos, dentro de custos e prazos desafiadores e formar uma equipe motivada, capaz e com boa autoestima. Isso sem falar no fato de podermos...
tracking img