Responsabilidade socioambiental ou marketing.doc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4670 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

NOME DO ALUNO














RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL OU MARKETING?



















Cachoeiro de Itapemirim -ES
2011
NOME DO ALUNO













RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL OU MARKETING?







Trabalho apresentado ao Curso deBacharelado em Administração da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná.






















Cachoeiro de Itapemirim - ES

2011

SUMÁRIO



INTRODUÇÃO 03
2 DEFINIÇÕES CONCEITUAIS 04
2.1 SISTEMAS DE ACUMULAÇÃO DE CUSTOS 04
2.1.1 Sistema de Acumulação de Custos por Ordem de Produção 04
2.1.2 Sistema de Acumulação de Custos por Processo 05
2.2 CUSTEIO VARIÁVEL 06
2.3CUSTEIO POR ABSORÇÃO 06
2.4 CUSTOS DIRETOS E INDIRETOS 07
2.5 CUSTOS VARIÁVEIS E FIXOS 08
2.6 RATEIO DE CUSTOS INDIRETOS 09
2.7 PRODUTOS EM PROCESSO 09

3 UNIDADES EQUIVALENTES DE PRODUÇÃO 11

4 FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA 12
4.1 COM BASE NOS CUSTOS 12
4.2 COM BASE NO MERCADO 13
4.3 FÓRMULA DE CÁLCULO 14

5 IMPOSTOS SOBRE VENDA 15

6 ANÁLISE CUSTO/VOLUME/LUCRO 17
6.1 MARGEM DECONTRIBUIÇÃO 17
6.2 PONTO DE EQUILÍBRIO 17

7 IMPORTÂNCIA DE UM SISTEMA INTEGRADO 19

CONCLUSÃO 20

REFERÊNCIAS 21
1 INTRODUÇÃO




Por cerca de 4 bilhões de anos o balanço ecológico do planeta esteve protegido. Com o surgimento do homem, meros 100 mil anos, o processo degradativo do meio ambiente tem sido proporcional à sua evolução.
No Brasil, o início dainfluência do homem sobre o meio ambiente pode ser notada a partir da chegada dos portugueses. Antes da ocupação do território brasileiro, os indígenas que aqui habitavam (estimados em 8 milhões) sobreviviam basicamente da exploração de recursos naturais, por isso, utilizavam-nos de forma sustentável (WALLAVER, 2000).
Com a descoberta do petróleo em 1857 nos EUA, o homem saltou para uma nova era: o mundoindustrializado, que trouxe como uma das principais conseqüências a poluição. Ou seja, além de destruirmos as reservas naturais sobrecarregamos o meio ambiente com poluentes. Os acontecimentos decorrentes da industrialização dividiram o povo em duas classes econômicas: os que espoliavam e os que eram espoliados. A primeira classe acumulava economias e conhecimento, enquanto a segunda vivia noestado mais precário possível. A segunda classe pela falta de recursos, utilizava desordenadamente as reservas naturais, causando a degradação de áreas agricultáveis e de recursos hídricos e, com isso, aumentando a pobreza (PORTUGAL, 2002). O modelo econômico atual está baseado na concentração–exclusão de renda. Ambos os modelos econômicos afetam o meio ambiente. A pobreza pelo fato de só sobreviverpelo uso predatório dos recursos naturais e os ricos pelos padrões de consumo insustentáveis (NEIVA, 2001).
As causas das agressões ao meio ambiente são de ordem política, econômica e cultural. A sociedade ainda não absorveu a importância do meio ambiente para sua sobrevivência. O homem branco sempre considerou os índios como povos “não civilizados”, porém esses “povos nãocivilizados” sabiam muito bem a importância da natureza para sua vida. O homem “civilizado” tem usado os recursos naturais inescrupulosamente priorizando o lucro em detrimento das questões ambientais. Todavia, essa ganância tem um custo alto, já visível nos problemas causados pela poluição do ar e da água e no número de doenças derivadas desses fatores.
A preocupação com o meio ambiente caminha apassos lentos no Brasil, ao contrário dos países desenvolvidos, principalmente em função de prioridades ainda maiores como, por ex., a pobreza. As carências em tantas áreas impedem que sejam empregadas tecnologias/investimentos na área ambiental. Dessa forma, estamos sempre atrasados com relação aos países desenvolvidos e, com isso, continuamos poluindo.
A única forma para evitar problemas...
tracking img