Responsabilidade social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5591 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. EXPLICITAR O TERMO RESPONSABILIDADE SOCIAL E SUA ORIGEM

Neste capítulo pretende-se realizar o aprofundamento no conceito de Responsabilidade Social e sua evolução, e a possibilidade de utilização destes conceitos como estratégias para o desenvolvimento sustentável das empresas.

1.1 A EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL.

Segundo Laville (2009), os primeirossinais de responsabilidade social empresarial foram baseados em atitudes filantrópicas e de mecenato, desenvolvidos dos anos 1980 até meados dos 1990, que não poderiam ser considerados como responsabilidade social ou ambiental propriamente dita, mas era o início para a evolução do conceito. As empresas perceberam que não obteriam sucesso em um ambiente em deterioração social ou ambiental, einiciaram o apoio a fundações ou ações filantrópicas através da destinação de parte de seu lucro para este fim. Entretanto, esta iniciativa não mudava em nada o modo como as empresas concebiam seus produtos ofertados, seus negócios e tampouco como os geriam. Essa maneira de se entender a responsabilidade social e ambiental, está diretamente relacionada à sua abordagem clássica apoiada por economistascomo Milton Friedman (vencedor do Prêmio Nobel de Economia em 1976), pois, segundo Ashley (2005) esta vertente dita que a única responsabilidade da empresa é obter lucro, otimizando os recursos organizacionais e aumentando o retorno do capital para os acionistas, e que, além disso, a empresa já é socialmente responsável à medida que gera novos empregos, paga salários justos e impostos, ou seja,contribui para o bem estar público e melhora condições de trabalho. Essa corrente teórica não consegue enxergar benefícios que a prática da responsabilidade social e ambiental pode gerar, pelo contrário, acredita que ao ter qualquer tipo de atitude socialmente responsável, a empresa está obtendo gastos desnecessários desviando assim, o dinheiro que deveria ser revertido em lucro para os acionistas. Aempresa então é concebida apenas como geradora de valor econômico, e sendo assim, as ações filantrópicas são realizadas para que a população e seu entorno não se deteriore, pois isso prejudicaria a organização.
Porém, as mudanças nas relações da sociedade e no meio ambiente, esta última em geral provocada pela gestão egoísta das empresas, fez com que o conceito de responsabilidade social eambiental fosse, naturalmente, amadurecido. As organizações se depararam com paradoxos em sua gestão, pois ajudavam programas para inclusão de pessoas soropositivas, por exemplo, mas quando um funcionário se declarava portador da doença, o fato era encarado de maneira adversa. Ou apoiavam programas relacionados a preservação do meio ambiente, porém seus próprios meios de produção o agrediam. Enfim, foramdetectadas contradições entre o que está presente no discurso e o que estava sendo praticado, e este fato poderia manchar a imagem da empresa de alguma forma, então as empresas começam a desenvolver atitudes estratégicas relacionadas a responsabilidade socioambiental:

“... adesão a códigos de conduta voluntários voltados para as práticas corporativas: sensibilização de funcionários,desenvolvimento de “gestos cidadãos” internos (reciclagem de papel, economia de energia etc.), [...], publicação de relatório ambiental, depois de saúde, segurança e meio ambiente e mais tarde de desenvolvimento sustentável (segundo a nova regulamentação de 2002 para as empresas com ações em bolsa).”
(LAVILLE, 2009 p. 143)

Nesta fase o foco das ações socialmente e ambientalmente responsáveis, está,por exemplo, em otimizar o processo de produção das empresas diminuindo seus impactos ambientais e sociais, aumentar a ecoeficiência dos locais de produção e escritórios, etc. O conceito de responsabilidade socioambiental então toma forma e se inicia um processo em direção a conscientização da necessidade da sustentabilidade dos negócios para que eles se perpetuem. Há um desenvolvimento da...
tracking img