Responsabilidade social e meio ambiente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3358 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA - UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
CURSO PEDAGOGIA

RESPONSABILIDADE SOCIAL E MEIO AMBIENTE


Carla de Jesus Brito
Eliete Machado Santos
Jociane Carmo Santana
Lucinete Silva SantosMargarete Alves



Lauro de Freitas-Bahia
2011
INTRODUÇÃO

Ao refletir sobre os conceitos e aplicações da sustentabilidade na questão do planejamento de ações ambientais direcionadas ao saneamento básico de um município, pode-se entender porsustentabilidade tendo o seu conceito intimamente relacionado com o da responsabilidade social das organizações. É um meio de configurar a civilização e atividade humanas, de tal forma que a sociedade, os seus membros e as suas economias possam preencher as suas necessidades e expressar o seu maior potencial no presente, e ao mesmo tempo preservar a biodiversidade e os ecossistemas naturais,planejando e agindo de forma a atingir pró-eficiência na manutenção indefinida desses ideais.
Este é um conceito sistêmico de sustentabilidade, que não nega a racionalidade científica, mas acredita que ela não oferece parâmetros suficientes para o desenvolvimento humano. Para uma ação humana ser sustentável ela precisa atender quatro requisitos básicos: ser ecologicamente correta,viável do ponto de visto econômico, socialmente justo e aceita pela cultura onde será implantada. É um problema constante no que diz respeito ao uso de quantidades além das necessárias. Como exemplo podemos citar a tendência mundial para diminuição do uso de agrotóxicos, concomitantemente com o aumento do mercado de produtos orgânicos livres de controladores químicos.
Outros problemasvisíveis das alterações ambientais, que incluem o aquecimento global, a destruição da camada de ozônio e as perdas de espécies, têm estimulado sobremaneira questionamentos sobre a sustentabilidade das atividades humanas. A agricultura é incluída entre as atividades que mais dependem dos recursos naturais, sobretudo, solo e água, e que, se mal conduzida e explorada, pode impactar negativamente oambiente.
Entre os efeitos da exploração desordenada da atividade agrícola podem ser citados o assoreamento e a contaminação dos mananciais, as mudanças de fauna e flora nativas com redução da biodiversidade, a compactação e a contaminação do solo, entre outros temas que estão sendo cada vez mais pesquisados e discutidos, tanto nos “Acordos Multilaterais Ambientais (AMAs)”, que sãoum exemplo de que a atenção de líderes de diversos países está voltada para questões ambientais, quanto na Agenda 21 brasileira,(instrumento de orientação para que as nações desenvolvam meios de satisfazer suas necessidades imediatas, sem, entretanto, comprometer os recursos naturais necessários às gerações futuras, ou seja, caminhem para um desenvolvimento sustentável), que busca alternativaspara a utilização sustentável dos recursos naturais, sem comprometer o desenvolvimento do País, é dividida em seis temas centrais: agricultura sustentável, cidades sustentáveis, energia e comunicações, gestão dos recursos naturais, redução das desigualdades sociais e ciência e tecnologia para o desenvolvimento sustentável.
É preciso que a sociedade saiba para onde quer ir, queobjetivos desejam alcançar, somente desta forma conseguirá se equilibrar. Para o autor Bossel (1999 apud Van Bellen, 2005, p 27) só existe uma alternativa à sustentabilidade que é a insustentabilidade. A sustentabilidade só pode ser observada a partir da perspectiva futura. o planejamento ambiental como política pública, mais do que uma simples planificação de ações envolve um estudo detalhado e...
tracking img