Responsabilidade social e meio ambiente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1021 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera - Uniderp
Centro de Educação a Distância

ATIVIDADE AVALIATIVA QUESTIONÁRIO

Curso: Administração Período Letivo: 2011/2
Semestre: 2º Sem Disciplina: Responsabilidade Social e meio Ambiente
Nome Tutor Presencial: Regilson Sousa
Nome Professor EAD: Edilene Maria de Oliveira
Nome Aluno (a): Leiliane RA:

Questão 1º (Tema 1)

Diante dos Sinais de mudançaclimática, identifique quais são as categorias e setores que mais são afetados na região em que você reside. Aponte alternativas para a diminuição desses sinais.

Com a queda do Produto Interno Bruto, impactos na saúde, redução da qualidade de vida e migração. Essas serão algumas das conseqüências do aumento da temperatura global na região Nordeste do Brasil, segundo revela o estudo“Mudanças Climáticas, Migrações e Saúde: Cenários para o Nordeste Brasileiro, 2000-2050”, durante a I Conferência Regional sobre Mudanças Climáticas e Implicações para o Nordeste, promovida pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), em parceria com o Banco do Nordeste do Brasil.
A pesquisa mapeou conseqüências sociais e econômicas das mudanças
climáticas sobre a região Nordeste do país, indicandocomo o novo clima
poderá influenciar a economia e o movimento migratório das populações
nordestinas, que vão precisar se adaptar às novas condições climáticas.
Os estados do Ceará, Paraíba, Piauí e Pernambuco terão suas áreas agricultáveis reduzidas em mais de 50%. Essas
e outras razões indicadas pela pesquisa farão a população se deslocar para
outras regiões do país ou mesmo dentro dopróprio Nordeste, em busca de
trabalho em setores da economia menos afetados pelas mudanças climáticas
e de qualidade de vida.
Cientistas alertam que, para evitarmos mudanças radicais de temperatura, é preciso agir agora. Muitos acreditam que as emissões, que continuam a aumentar, precisam começar a diminuir nos próximos anos para evitar mudanças extremas no nosso clima. O gás carbônico é umdos principais gases causadores do efeito estufa. Toda vez que ele é liberado na atmosfera em grandes quantidades, contribui para o aquecimento do planeta. Quando nós evitamos que esse gás seja emitido em excesso, ajudamos a reduzir esse risco. A boa notícia é que há diversas maneiras de reduzir as emissões de gás carbônico.
Algumas delas são: diminuir o desmatamento, incentivar o uso deenergias renováveis – como a energia dos ventos e do Sol –, reciclar o lixo, melhorar o transporte público e estimular o uso de combustíveis limpos – como o álcool e o biodiesel.
Mas combater as mudanças climáticas não significa apenas reduzir as emissões de gás carbônico. É preciso também encontrar maneiras de retirar o excesso desse gás da atmosfera, o que os cientistas chamam de seqüestro de carbono.As plantas e as algas, quando fazem a fotossíntese, retiram naturalmente carbono da atmosfera. É por isso que o reflorestamento, a criação de reservas naturais e a recuperação de áreas degradadas são consideradas boas medidas de seqüestro de carbono.
Além das ações de contenção às mudanças climáticas, chamadas de ações de mitigação, é preciso também nos prepararmos melhor para os impactos quejá estão por vir, através de medidas de adaptação.
Nesse caso, também há diversas possibilidades: o uso de técnicas de conservação e de estoque de água, evitando-se ao máximo o desperdício, a proteção do solo por meio da plantação de árvores, o deslocamento de populações situadas em locais vulneráveis para locais seguros, o maior controle e acompanhamento de doenças sensíveis ao clima e adiminuição da dependência de combustíveis fósseis.
Esses são apenas alguns exemplos de medidas que podem ajudar na mitigação e na adaptação às mudanças climáticas. No entanto, para serem colocadas em prática, uma série de fatores precisa ser levada em consideração. Cada nação precisa decidir quais as metas mais eficazes e viáveis para combater e se prevenir contra os impactos das mudanças...
tracking img