Responsabilidade social e meio ambiente-objetivos do milênio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1907 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Objetivos do Milênio:
* Erradicar a extrema pobreza e a fome;
* Atingir o ensino básico universal;
* Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres;
* Reduzir a mortalidade na infância
* Melhorar a saúde materna;
* Combater o HIV/Aids, a malária e outras doenças;
* Garantir a sustentabilidade ambiental;
* Estabelecer uma Parceria Mundial para oDesenvolvimento.

Informações referentes a cada tópico acima citado e a relação com o Brasil e suas metas estabelecidas.

1-Erradicar a extrema pobreza e a fome.
Mundo:
O objetivo global de até 21% de pobreza é um dos mais propensos a ser ultrapassado. Até 2015, segundo estimativas do Banco Mundial, a taxa global de pobreza (renda) é projetada ao redor de 15%, ligeiramente acima dos 14,1%previstos antes da crise financeira mundial, mas ainda superando as metas graças a ganhos acumulados no passado.
Brasil:
O Brasil já cumpriu o objetivo de reduzir pela metade o número de pessoas vivendo em extrema pobreza até 2015: de 25,6% da população em 1990 para 4,8% em 2008. Mesmo assim, 8,9 milhões de brasileiros ainda tinham renda domiciliar inferior a US$ 1,25 por dia até 2008. Para seter uma idéia do que isso representa em relação ao crescimento populacional do país, em 2008, o número de pessoas vivendo em extrema pobreza era quase um quinto em 1990 e pouco mais do que um terço do valor em 1995. Diversos programas governamentais estão em curso para reduzir esses números e alcançar as metas.

Pag. 4
2-Atingir o ensino básico universal.
Mundo:
Houve progressos noaumento do número de crianças frequentando as escolas nos países em desenvolvimento. Em mais de 60 países em desenvolvimento, mais de 90% das crianças estão matriculadas em escolas. O número de crianças fora da escola caiu de 115 milhões em 2001 para 72 milhões em 2007, mesmo com o crescimento da população mundial.
Brasil:
No Brasil, os dados do 4º Relatório Nacional de Acompanhamento dos ODMsão de 2008: 94,9% das crianças e jovens entre 7 e 14 anos estão matriculados no ensino fundamental. Nas cidades, o percentual chega a 95,1%. O objetivo de universalizar o ensino básico de meninas e meninos foi praticamente alcançado, mas as taxas de frequência ainda são mais baixas entre os mais pobres e as crianças das regiões norte e nordeste. Outro desafio é com relação à qualidade do ensinorecebida.

3-Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres.
Mundo:
A desigualdade de gênero começa cedo e deixa as mulheres em desvantagem para o resto da vida. Estudos recentes comprovam que o empoderamento das mulheres é importante não apenas para o cumprimento do Objetivo 3, mas para vários outros objetivos, em especial os ligados a pobreza, fome, saúde e educação.Graças ao aumento significativo no índice de matrículas de meninas no ensino básico, muitos países estão conseguindo alcançar igualdade de gênero nas escolas. Até 2005, cerca de dois terços dos países em desenvolvimento tinham alcançado a paridade de gênero no ensino básico. A expectativa é de que esse objetivo seja alcançado globalmente em 2015 tanto para o ensino básico quanto para o fundamental. Osgrandes obstáculos ainda estão concentrados, em sua maioria, nos países da África Subsaariana.
Brasil:
No Brasil, as mulheres já estudam mais que os homens, mas ainda têm menos chances de emprego, recebem menos do que homens trabalhando nas mesmas funções e ocupam os piores postos. Em 1998, 52,8% das brasileiras eram consideradas economicamente ativas, comparadas a 82% dos homens. Em 2008,essas proporções eram de 57,6% e 80,5%. Em 2005, a proporção de homens trabalhando com carteira assinada era de 35%, contra 26,7% das mulheres. Em 2008, os homens com carteira assinada representavam 39,1% enquanto as mulheres, 29,5%. A participação nas esferas de decisão ainda é pequena. Pag. 5...
tracking img