Responsabilidade social e empresarial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1644 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO PLANALTO CATARINENSE




ROGER FELIPE NETO








RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL
















Lages
2009

ROGER FELIPE NETO














RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL








RSE do 6º Semestre do Curso de Administração Gestão Empresarial, da Universidade do PlanaltoCatarinense.
Orientador: Prof° Fabiula Meneguete Vides da Silva




Lages
2009


INTRODUÇÃO









A Responsabilidade Social Empresarial é um compromisso da empresa com a sociedade, é uma forma de interagir e colaborar diretamente ou com projetos com nenhuma intenção de lucro, mas sim para levar benefícios da empresa para a sociedade. De formaque se relacione diretamente com responsabilidade, ética e transparência.


























Responsabilidade Social Empresarial



O comprometimento e o compromisso de uma empresa com a sociedade, a partir de suas ações com indivíduos e sociedade, é a definição de Responsabilidade Social para Cedeplar (2007). Como também a prestação de contas para essa mesmasociedade. Já para Wikipédia (2007), Responsabilidade Social está relacionada à execução de ações de cunho social, continuamente através de adoção de praticas responsáveis na empresa, envolvendo fornecedores, clientes, funcionários, promovendo uma melhoria contínua na qualidade de vida da sociedade. Cedeplar (2007), ainda defende duas correntes de conceitos diferentes. Uma coloca aResponsabilidade Social Empresarial como uma forma de administração responsável, onde a meta é a obtenção de lucros máximos para os investidores. Para Milton Friedman (citado por Cedeplar, 2007), a missão da empresa é meramente econômica. A administração não faz algo que não seja aumentar o lucro da empresa. Dessa forma o beneficio gerado pela empresa para a sociedade, seria o pagamento de impostos em dia e ageração de novos e melhores empregos. A outra corrente destaca que a empresa deve evoluir e interagir com o bem estar social. Para Cedeplar (2007), a empresa deve inserir-se nas ações da comunidade, investir no bem estar de seus funcionários, ter relações transparentes com cliente e fornecedores e cumprir suas obrigações legais com o governo e seus acionistas. A empresa impõe para a sociedade custosreferentes à sua atividade, como poluição, dessa forma deve tentar minimizar os problemas provocados por ela para a sociedade. A empresa socialmente responsável deve ter os conceitos de ética e transparência com os princípios de sua conduta. 
A responsabilidade social empresarial virou uma prioridade inevitável para dirigentes empresariais em qualquer país.
Governos, ativistas e meios decomunicação hoje cobram de empresas a responsabilidade pelas conseqüências sociais de suas atividades.
Programas de RSE altamente visíveis costumam gerar publicidade favorável para a empresa.
No entanto, apesar de toda a atenção que atraem, iniciativas de RSE costumam ser contraproducentes.
Michael Porter e Mark Kramer sugerem outra maneira de encarar a relação entre empresa e sociedade - na qualsucesso empresarial e bem-estar social não são um jogo de soma zero.
A dupla apresenta um modelo a ser usado pela empresa para identificar as conseqüências sociais de seus atos, determinar que problemas abordar e descobrir o meio mais eficaz de enfrentá-los e, ao mesmo tempo, fortalecer o contexto competitivo no qual ela, a empresa, atua.
Ao analisar oportunidades de RSE com o emprego de diretrizesidênticas às que norteiam suas decisões de negócios a empresa descrobrirá que a RSE pode ser muito mais do que um custo ou uma limitação - pode ser uma incrível fonte de inovação e vantagem competitiva.

Inovação na gestão: o que é, por que e como

Para a maioria das pessoas, inovação significa novos produtos, novas formas de marketing, novas tecnologias.
Gary Hamel sustenta, no entanto,...
tracking img