Responsabilidade social empresarial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1106 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Explique o conceito de responsabilidade social empresarial, revelando em que medida essa noção implica mudanças nas relações entre empresas e sociedade.
Antes de dissertar sobre o assunto, precisamos saber o que é a “Responsabilidade Social Empresarial”.
No passado recente, as empresas tinham como premissa principal o “lucro a qualquer preço”. Para tanto, ou fixavam sua marca através de maciçascampanhas publicitárias ou até mesmo pela tradição do consumidor em relação ao seu produto. Muitas vezes optavam pela a estratégia básica de mercado: preços baixos.
O cliente/consumidor, por sua vez, também optava pela tradição, pela marca da moda e também pelos menores preços. A concorrência entre empresas e produtos similares era baseada em marca e preço baixo. A qualidade do produto e plenasatisfação dos clientes acabavam tendo papéis secundários na escolha final.
Com o início da era globalizada, a entrada de novos produtos e fornecedores de outros países, teve início a era de gestão da qualidade. As empresas passaram a investir em sistemas de gestão da qualidade, buscando principalmente certificações de organismos externos (ISO, etc), de forma a garantir que todo o seu processoprodutivo fosse padronizado, os itens de produção rastreados, dentre outros benefícios obtidos com o sistema de gestão ora implementado. Com isso, por vezes, ocorreu até a redução de preço ao consumidor.
Mas o consumidor também evoluiu e começou a buscar produtos com melhor relação custo x benefício.
Assim, as empresas, por questão de sobrevivência dos negócios, passaram a adotar de forma geral ossistemas de gestão da qualidade, formais e certificados ou não, mas dentro dos princípios básicos destes sistemas de gestão.
Foi a mudança do sistema “produtividade” para o sistema “produtividade-qualidade”.
Contudo, o mundo dos negócios e a relação empresa x consumidor tornou-se mais dinâmico.
Os apelos do mundo para a preservação do meio ambiente, o uso responsável dos recursos naturais, a“febre verde”, dentre outros fatores, levaram as empresas a adotarem mecanismos internos de proteção ao meio ambiente. Era o estopim para iniciarem os sistemas de gestão ambientais, também certificados por organismos externos, bem como por procedimentos adotados internamente. Neste momento ouvia-se muito falar em reciclagem, redução de desperdícios, consumo responsável, etc.
E isto contouprincipalmente com o mercado consumidor, que passou a levantar a “bandeira do verde” e a adotar práticas de consumo mais racionais. Com isso, ocorreu a valorização de empresas que respeitavam o meio ambiente. Cabe aqui ressaltar que ações governamentais e não governamentais, as legislações ambientais mais severas e maior fiscalização contribuíram para a mudança nas empresas.
Assim, o mercado novamentemigrou. Passou do sistema “produtividade-qualidade” para o sistema “produtividade-qualidade-meio ambiente”.
Mas a dinâmica empresarial não parou por aí.
Veio um simples questionamento: “Vale a pena a empresa ter produtividade, qualidade e respeito ao meio ambiente e não ter respeito ao seu maior patrimônio: o colaborador?”.
Novamente passamos a buscar novas alternativas e novos sistemas. Daí osurgimento do sistema de saúde e segurança no trabalho, com a premissa básica de assegurar um ambiente de trabalho saudável para os colaboradores, bem como do sistema de gestão de pessoas, o qual tem como premissa básica a busca contínua da melhoria da qualidade de vida e satisfação de seus colaboradores.
Com isso, novamente ocorreu uma migração. Passou-se do sistema “produtividade-qualidade-meioambiente” para o sistema “produtividade-qualidade-meio ambiente-pessoas”.
Toda essa evolução culmina nas diretrizes básicas da Responsabilidade Social Empresarial, que são:
• A adoção de valores éticos;
• O trabalho transparente;
• A valorização dos colaboradores;
• O respeito ao meio ambiente (enfatize-se aqui a necessidade da melhoria contínua);
• A ação direta de influenciar e envolver...
tracking img