Responsabilida socioambiental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2866 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
2 DESENVOLVIMENTO

2.1 RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL E ÉTICA

De acordo com Gasparotte (2009, p. 140) responsabilidade socioambiental, “pode ser conceituada como um conjunto de ações que promovam o desenvolvimento em comprometimento com as questões relativas ao meio ambiente e às questões sociais”.
Nos dias de hoje são vários os problemas ambientais que enfrentamos, tais como, oaquecimento global, desmatamento, descarte inadequado de resíduos industriais e o lixo urbano. Estes problemas muitas vezes causados pelas empresas, como por exemplo, o descarte inadequado de resíduos e o lixo urbano, acabam por interferir e prejudicar o funcionamento destas mesmas empresas, como é o caso das chuvas nos grandes centros. Com o acúmulo do lixo nos escoamentos, os trabalhadores ficamimpossibilitados de se locomoverem para chegar ao seu local de trabalho, o que gera uma perda de produção para as organizações.
As organizações precisam entender que responsabilidade socioambiental está diretamente ligada à postura ética que a empresa tem com a sociedade. Uma empresa que desrespeita o meio ambiente e não se preocupa com a preservação dos recursos naturais não age com ética.


2.2 OPETRÓLEO: UM VILÃO PARA O MEIO AMBIENTE

A exploração da energia fóssil começou em 1908 com a descoberta de lençóis de petróleo no Irã. A partir de então toda a região do Golfo Pérsico começou a ser explorada. Foi o início de uma política de concessões feitas pelo Xá e por chefes tribais árabes a grandes companhias estrangeiras, particularmente inglesas (Anglo-iranian) e americanas (Texaco, MobilOil, Esso, Standar Oil). Dois fatores fizeram com que o combustível fóssil passasse a ser estratégico e utilizado ostensivamente. Em 1896 Henry Ford começou a produzir o primeiro veículo automotor em série, inaugurando a era da moderna indústria de automóveis, expandindo-se para outros transportes como o aeronáutico. O aumento do consumo de gasolina e óleo começa então a impulsionar a prospecção ea busca de mais combustível fóssil, tanto nos Estados Unidos como no exterior. Outro fator que levou o combustível fóssil a tornar-se o negócio do século ocorreu em 1911, com a decisão tomada por Churchill, quando Ministro da Marinha inglesa - a maior do mundo -, de substituir o carvão pelo óleo como energia para seus navios, em 1911. (Introdução a Era Contemporânea.)
Segundo a lista da RevistaFortune, especializada no assunto, as empresas petrolíferas que mais lucram são:
1. Exxon Mobil ( USA) com lucro de 45,2 bilhões de dólares
2. Royal Dutch Shell ( Holanda ) com 27,1 bilhões
3. Chevron (USA) com um lucro de 24,0 bilhões
4. British Petroleun (Reino Unido com 21,1 bilhões
5. Total (França) com lucro de 15,5 bilhões

As crises do petróleo - todas depois da 2ª Guerra Mundial -que momentaneamente interromperam seu fluxo, mostram um cruzamento de conflitos. A primeira delas ocorre entre os estados-nacionais e as grandes empresas multinacionais visando o controle do processo produtivo e distributivo. Tratou-se de uma luta em torno do dinheiro e do poder. O segundo tipo de conflito, numa etapa posterior, deu-se entre os países produtores e os países consumidores.
De 1908 a1950, as companhias multinacionais formaram verdadeiros impérios (eram chamadas as 7 grandes) abarcando todas as zonas produtoras de petróleo espalhadas pelo mundo, mas concentradas basicamente no Oriente Médio. Foi a época de ouro das multinacionais. Elas possuíam sua própria política externa, suas linhas de aviação e comunicação completamente independentes. Geralmente seus administradores egerentes eram os homens mais importantes do país e seus verdadeiros governantes. Os estados que existiam eram neocoloniais, dependentes, sem poder e força para disputar o controle da riqueza nacional.
Essa situação começou a inverter-se a partir da 2ª Guerra Mundial. As antigas potências colonialistas (Inglaterra, França e Holanda) perderam suas energias na guerra. Um forte movimento nacionalista...
tracking img