Residuos industriais e descartes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 26 (6251 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DESTINAÇAO FINAL DE RESIDUOS INDUSTRIAIS PELA TECNICA DE COPROCESSAMENTO Saint-Clair Honorato Santos Procurador de Justiça Carlos Eduardo Celli Acadêmico de Eng. Química

Na busca de alternativas para sua sobrevivência, o homem quase sempre excedeu os seus limites, causando danos e transtornos, e somente se preocupando com o meio ambiente ao se dar conta de cenários dantescos resultantes deseus atos. Os frutos da evolução tecnológica, é fato, contribuem com o desenvolvimento da sociedade, porém há casos em que técnicas mal elaboradas, ou mal gerenciadas, geram seqiielas que perduram por muito tempo, servindo então de exemplos a não serem seguidos. No Brasil, a carência de tecnologia de ponta no setor industrial, faz com que se importem pacotes tecnológicos ou se copiem técnicasexistentes em outros países. Muitas vezes ocorre a precipitação na aquisição, sem levar em conta as características díspares entre o país de origem e o Brasil. Desta forma tende-se a adaptar a técnica para as nossas condições, criando-se uma tecnologia marginal nem sempre totalmente abrangente nos aspectos segurança e meio ambiente. Recentemente, no Brasil, grupos ligados ao setor cimenteiro estãotentando introduzir uma técnica de tratamento de resíduos industrias, denominada co-processamento. O coprocessamento consiste basicamente na incineração de resíduos nos fomos de cimento, e é utilizado em vários países no mundo. Para que no caso desta nova técnica não ocorra erros provenientes da adaptação da tecnologia, urge o estabelecimento de normas e leis que venham a coibir abusos e proteger ospatrimônios supremos do homem, que são a vida e a natureza. O EMPREENDIMENTO CO-PROCESSAMENTO O co-processamento é um processo de oxidação térmica (queima) de resíduos industriais, líquidos, sólidos ou pastosos em fomos de cimento. Esta técnica nasceu da necessidade de se diminuir a quantidade de rejeitos perigosos estocados em indústrias, de se minimizar o uso de aterros industriais e de criar umaalternativa melhor do que o incinerador. Sob estes aspectos a técnica é abrangente e eficiente pois destrói total ou parcialmente os resíduos, e

não possui os inconvenientes dos incineradores: de se dispor as cinzas da queima em aterros, e se tratar o efluente líquido gerado da lavagem dos gases da queima. O processo de queima propriamente dito é apenas parte de um todo, que consiste em:transporte dos resíduos, armazenamento dos resíduos, alimentação à planta cimenteira, queima, monitoramento de ~missões, segurança e minimização de riscos e acidentes, ambientais e ocupacionais.

TRANSPORTE E ARMAZENAMENTO DE RESIDUOS A relocação do resíduo, do gerador a estação de armazenamento, é feita através da malha viária nacional, cruzando plantações, regiões de manancial e outras áreas depreservação. Por este motivo, o transporte deve obedecer o que rege a legislação e a Associação Brasileira de Normas Técnicas. A RESOLUÇÃO CONAMA N° 008, de 19 de setembro de 1991, proíbe a entrada, em território nacional, de materiais residuais destinados a disposição final e incineração. Da mesma forma, poderia ser proibido o translado de resíduos sobre os limites interestaduais. Afirma-se isto,citando o exemplo paranaense, onde testes de queima em fomos de cimento foram feitos com quantidades de resíduos "estrangeiros" acima de 95%. Cada Estado que possui uma planta cimenteira deveria co-processar os resíduos neste gerados, caso a geração fosse insuficiente ou restrita, um Estado estaria apto a "importar" uma quota preestabelecida e controlada pelos órgãos de controle ambiental das duaspartes "importador e exportador". O Estado destinatário por dar cabo do passivo ambiental de outrem, receberia encargos a serem estipulados em função da quantidade e periculosidade do resíduo. Sendo assim, cada Estado brasileiro deverá manter sempre atualizado um cadastro de suas empresas geradoras de resíduos, com as respectivas capacidades e periculosidades. Desta forma, seria facilitada...
tracking img