DESTINAÇAO FINAL DE RESIDUOS INDUSTRIAIS PELA TECNICA DE COPROCESSAMENTO Saint-Clair Honorato Santos Procurador de Justiça Carlos Eduardo Celli Acadêmico de Eng. Química

Na busca de alternativaspara sua sobrevivência, o homem quase sempre excedeu os seus limites, causando danos e transtornos, e somente se preocupando com o meio ambiente ao se dar conta de cenários dantescos resultantes deseus atos. Os frutos da evolução tecnológica, é fato, contribuem com o desenvolvimento da sociedade, porém há casos em que técnicas mal elaboradas, ou mal gerenciadas, geram seqiielas que perduram pormuito tempo, servindo então de exemplos a não serem seguidos. No Brasil, a carência de tecnologia de ponta no setor industrial, faz com que se importem pacotes tecnológicos ou se copiem técnicasexistentes em outros países. Muitas vezes ocorre a precipitação na aquisição, sem levar em conta as características díspares entre o país de origem e o Brasil. Desta forma tende-se a adaptar a técnica paraas nossas condições, criando-se uma tecnologia marginal nem sempre totalmente abrangente nos aspectos segurança e meio ambiente. Recentemente, no Brasil, grupos ligados ao setor cimenteiro estãotentando introduzir uma técnica de tratamento de resíduos industrias, denominada co-processamento. O coprocessamento consiste basicamente na incineração de resíduos nos fomos de cimento, e é utilizado emvários países no mundo. Para que no caso desta nova técnica não ocorra erros provenientes da adaptação da tecnologia, urge o estabelecimento de normas e leis que venham a coibir abusos e proteger ospatrimônios supremos do homem, que são a vida e a natureza. O EMPREENDIMENTO CO-PROCESSAMENTO O co-processamento é um processo de oxidação térmica (queima) de resíduos industriais, líquidos, sólidos oupastosos em fomos de cimento. Esta técnica nasceu da necessidade de se diminuir a quantidade de rejeitos perigosos estocados em indústrias, de se minimizar o uso de aterros industriais e de criar uma... [continua]

Ler trabalho completo

Citar Este Trabalho

APA

(2011, 11). Residuos industriais e descartes. TrabalhosFeitos.com. Retirado 11, 2011, de http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Residuos-Industriais-e-Descartes/121882.html

MLA

"Residuos industriais e descartes" TrabalhosFeitos.com. 11 2011. 2011. 11 2011 <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Residuos-Industriais-e-Descartes/121882.html>.

MLA 7

"Residuos industriais e descartes." TrabalhosFeitos.com. TrabalhosFeitos.com, 11 2011. Web. 11 2011. <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Residuos-Industriais-e-Descartes/121882.html>.

CHICAGO

"Residuos industriais e descartes." TrabalhosFeitos.com. 11, 2011. Acessado 11, 2011. http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Residuos-Industriais-e-Descartes/121882.html.