Resgate historico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1589 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resgate Histórico: Enfermagem e a Arte do Cuidar

16 de abril de 2008



RESGATE HISTÓRICO: ENFERMAGEM E A ARTE DO CUIDAR
Revisão
Enfª Fabiana Schunemann
Estudando-se o surgimento dos hospitais, têm-se vários fatos a serem analisados. Historicamente, antes do período da emergência da medicina científica, o hospital era basicamente um local que se destinava ao abrigo de pobres e doentesque não tinham condições de tratamento domiciliar, procurando as instituições para receber o devido cuidado ou o último sacramento e morrer. Mas a finalidade variava de instituição a instituição e de época para época. O atendimento era frequentemente prestado por religiosas e leigas, que buscavam sua própria salvação (MARTIN, 2003)1.
Segundo Martin (2003), os hospitais, até o século XVIII, estevesob péssimas condições, devido à predominância de doenças infecto-contagiosa e pela falta de contingente qualificado para cuidar dos doentes. Os ricos eram tratados em suas próprias casas, enquanto que os de classe social mais humilde, além de não terem esta alternativa, tornavam-se objeto de experiência que resultaria em maior conhecimento sobre as doenças em benefício da classe abastada.
Éneste cenário que a Enfermagem passa a atuar, quando Florence Nightingale é convidada pelo Ministro da Inglaterra para trabalhar junto aos soldados feridos em combate na Guerra da Criméia. Florence é personagem marcante na elevação do significado da atividade de Enfermagem. Durante cerca de cinco décadas, Nightingale lutou pelo reconhecimento desta profissão, resultando em um trabalho de elevadoprestígio para a atividade de Enfermagem (MARTIN, 2003).
Diz ainda que, por volta do século XIX, devido o avanço tecnológico e social a instituição hospitalar elaborou estratégias que visava o bem estar do cidadão, criou-se novos pensamentos e preocupações acerca do binômio, saúde-doença, ou seja, implemento de um ambiente de atenção em saúde com enfoque às resoluções de agravos e cura.
Reportando-nosa Martin (2003), ao passar do tempo, a visão do hospital mudou, contudo, o avanço da Medicina favoreceu a reorganização. Nessa nova concepção de pensar, o médico especialmente, se torna um profissional liberal e a enfermagem gradativamente se profissionaliza, instituindo distinções entre enfermeiras auxiliares e técnicas e as de curso universitário. Assim, como as mulheres foram adquirindo espaçono cuidado, os homens também foram inserindo-se na enfermagem, formando outra mentalidade e imagem das duas profissões.
Os enfermeiros profissionalizaram-se na melhor e mais ampla acepção do termo. Hoje buscam aperfeiçoamento permanente freqüentando cursos e especializações, mestrado e doutorado. O retraimento de outros tempos deu lugar a uma postura mais altiva e voluntariosa. A profissãoganhou espaços mais nobres e generosos, como reconhecimento por sua presença institucional e pela importância de seu trabalho na sociedade.
1 MARTIN, L. M. A ética e a humanização hospitalar. Mundo da Saúde. São Paulo, v. 27, n. 2, ano 27, abr./jun.2003.
O profissional acumula grandes responsabilidades, desde a realização da supervisão da equipe de enfermagem de uma unidade ou várias ao mesmo tempo,até a realização do processo administrativo. Nenhuma tecnologia pode substituir o trabalho do profissional, pois é responsável pelo cuidado, além de muitas atribuições. Ele fica responsável por inúmeras vidas diariamente, independente de estar prestando assistência direta ao paciente ou não.
O objetivo da atenção de enfermagem é cuidar, oferecer condições para que o paciente consiga enfrentarmudanças no seu cotidiano, além de contribuir para uma transição saudável, considerando-o como um ser integral com múltiplas necessidades e potencialidades.
Para Senna (2000, p. 545)2, “o cuidado abrange muito mais que uma técnica ou momento de atenção, de zelo. É uma atitude de ocupação, preocupação, de responsabilização e de envolvimento afetivo com o outro”. Esta consciência é necessária para...
tracking img