Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (507 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SANTOS, Sidney. Um chefe, várias caras. Revista Exame PME. São Paulo, ano 2011, setembro/11.
Um chefe, várias caras
É um erro tratar todas as pessoas da empresa do mesmo jeito. A igualdade éinjusta, pois não existe um ser humano igual ao outro.
Deixo sempre aberta a porta de minha sala, e todos os meus 300 funcionários sabem que têm permissão para entrar a qualquer momento e exporqualquer assunto – mas tem de ser assunto referente à empresa. É que, antigamente, eles me procuravam para falar de seus problemas emocionais, conjugais, financeiros. Só que quem ficou com coisa na cabeçafui eu, e não dava mais para trabalhar direito.
Eu carregava nos ombros o peso de todo mundo, além dos meus. Era demais para mim. Tenho excelente memória, o que tornava a vida ainda maisangustiante. Passava os dias pensando na prestação do carro de um, na matrícula do filho do outro, no resultado do exame de saúde da outra. Era impossível ficar assim.
Hoje, existem dois dias sagradosdentro da empresa: o do vale e o do pagamento. Que ninguém venha me pedir adiantamento fora desses dias e que não me conte seus problemas para que eu não conte os meus.
Não quer dizer que eu tenhame tornado indiferente ao que faz um funcionário feliz ou infeliz. Pelo contrário-com o passar dos anos aprendi que é importante considerar a personalidade de cada um na hora de exercer a liderança.Já fui o chefe capataz, que ficava gritando. Mas o pessoal se sentia intimidado e nem sempre me contava os problemas da empresa. Passei a ser o chefe compreensivo e, percebi que o risco era de seacomodarem. Já fui o chefe curto e grosso. Também não deu certo porque os funcionários ficavam com muitas dúvidas.
Percebi que o erro era tentar ser um único tipo de chefe- as pessoas não sãoiguais. Hoje, trato cada um de um jeito. Por exemplo: quando preciso chamar a atenção de uma certa diretora mais antiga, levanto um pouco a voz. Já outro executivo, com praticamente o mesmo tempo de...
tracking img