Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (286 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera-Uniderp



O professor, as condições de trabalho e os efeitos sobre sua saúde


Atualmente, o professor não se resume apenas dentro da sala de aula,mas também participando dos planejamentos escolares, além de ter contato com a família com a família dos alunos.A educação depende diretamente dos professores, devido à falta de meiospedagógicos para realizar as tarefas, isso faz com que os professores tenham que criar seus próprios meios, que não são reconhecidos, nem remunerados.
O profissional da educação sofremuito com as condições de trabalho atuais, muitos deles, além disso, tem gastos pessoais, não só econômicos, mas também de seu tempo livre tentando suprir a falta de material.
Umaanalise realizada pela GSPM (Gerência de saúde do servidor e perícia médica) que fez 16.556 atendimentos à servidores da educação de maio de 2001 à abril de 2002, relatou que 92% doscasos resultaram em afastamentos do trabalhos, além disso a analise informa que 84,2% (4.463) dos casos foram na categoria dos professores. Nesse mesmo período, os transtornospsíquicos foram os mais diagnosticados nos campos de afastamento dos professores.
Shonfeld realizou um estudo para avaliar o grau de nocividade do ambiente escolar, para isso foram criadosdois instrumentos (Episodia stressor scale e o strain scale).
Pitthers e Fogarty utilizaram o occupation stress inventory, para uma avaliação que teve os professores no topo.
Zaragozacitou estudos que buscavam identificar os ciclos de estresse ao longo do ano escolar, os maiores números de licenças médicas registradas nos finais de trimestre, no final do curso eno primeiro trimestre em especial.
Durante o período de 1982 a 1984 os diagnósticos mais encontrados foram de traumatologia, geniturinários e obstétricos e os neuropsiquiátricos.
tracking img