Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (559 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Cidade – Estado e Estados Tribais

Começo pela uma descrição para poder dizer que “polis não quer dizer cidade”. Atenas tinha uma população aproximadamente de (300.000 a 400.00 habitantes), metadedesta vivia numa cidade central abrangendo o porto e a outra em um núcleo interior, a cerca de seis quilômetros de distância a outra metade vivia no campo. O conjunto era dividido em cem demos,Clistenes fez uma divisão habilmente em diferentes tribos, de tal forma que demos contíguos jamais se reuniam numa só tribo. Embora tendo essa divisão fossem centros de ativa vida social e tinham órgãosatuantes do governo central da cidade, assembleia própria, e funcionários; administravam a propriedade e as cerimônias religiosas de distrito, mantendo uma lista de cidadãos (pois todos os cidadãosdeviam participar de algum demos). Poucas cidades tinham uma vida comparada a seus demos, Esparta tinha um território maior que de Atenas, mas todo ele era dominado pela cidade espartana, composta porcinco distritos, que embora unidos, preservavam certa autonomia.

Num certo sentido ainda, pode si afirma que a cidade- estado grego não era uma cidade. Para os gregos, Polis significava sempre umacomunidade, e não uma área territorial. Atenas e Esparta só tiveram importância política enquanto não houve nas suas constituições qualquer traço de cidade, em ambas e em toda a Grécia, de modo geral, oque havia era uma tribo, uma estrutura familiar de pessoas que si relacionavam mutuamente pelo nascimento, e, portanto pela própria natureza, e que só podiam ser separadas mediante uma violênciacometida pela natureza. A tribo pode habitar uma cidade, e organizar-se, como foi o caso de Atenas, seguindo as linhas da democracia radical, guardando as características de um estado tribal. A cidadaniadepende do nascimento, não da residência.

Podemos extrair desta concepção do estado grego baseado num tronco familiar. Em primeiro lugar, está claro que a cidadania é adquirida pela descendência....
tracking img