Resenha

Da Revolução Industrial Inglesa ao Imperialismo.
____________________________________________________________

_____________
A ORIGUEM DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL: DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL INGLESA AOIMPERIALISMO.
E. J. Hobsbawm—Editora Forense-Universitária.
Cristiane Rodrigues Braga
Graduando o 7º período de Licenciatura em História na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Duque deCaxias-(FEUDC).
O problema da revolução industrial não é simples, mas torna-se ainda mais complicado se não o esclarecermos. Portanto, convém começar com alguns breves esclarecimentos.
A RevoluçãoIndustrial consistiu em um conjunto de mudanças tecnológicas com profundo impacto no processo produtivo em nível econômico e social. Iniciada na Inglaterra em meados do século XVIII expandiu-se pelo mundoa partir do século XIX.
Ao longo do processo (que de acordo com alguns autores se registra até aos nossos dias), a era da agricultura foi superada, a máquina foi superando o trabalho humano, umanova relação entre capital e trabalho se impôs novas relações entre nações se estabeleceram e surgiu o fenômeno da cultura de massa, entre outros eventos.
Essa transformação foi possível devido a umacombinação de fatores, como o liberalismo econômico, a acumulação de capital e uma série de invenções, tais como o motor a vapor. O capitalismo tornou-se o sistema econômico vigente. A Inglaterra foi opaís pioneiro da industrialização. A agricultura inglesa desenvolveu-se com o cercamento dos campos e a difusão de novas técnicas e instrumentos de cultivo.
O fim do uso comum das terras gerou o"trabalhador livre", expulso do campo onde não tinham mais condições de sobrevivência e transformado em mão-de-obra urbana. A mecanização da produção criou o proletariado rural e urbano, composto dehomens, mulheres e crianças, submetido a um trabalho diário exaustivo, no campo ou nas fábricas.
A Revolução Industrial alterou completamente a maneira de viver das populações dos países que se...
tracking img