Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1067 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Diegues, Antonio Carlos Santana. O Mito Moderno da Natureza Intocada – São Paulo: 3° ed. Hucirec, Núcleo de Apoio à Pesquisa sobre Populações Humanas e Áreas Úmidas Brasileiras, USP, 2000.
O Brasil é um país que apresenta grande variedade de modos de vida e culturas diferenciadas, um exemplo clássico de cultura diferente são os indígenas que por isolamento relativo, essas população desenvolvemmodos de vida particulares que envolvem grande dependência dos ciclos naturais, conhecimento profundo dos ciclos biológicos e dos recursos naturais, adquirem simbologias e até uma linguagem especifica.
Manuel Diegues Jr. (1960; 1967) dentro do enfoque de áreas culturais, tentou mostrar a grande diversidade de culturas e gêneros de vida nas varias regiões brasileiras (O Nordeste Agrário doLitoral, o Nordeste Mediterrâneo, a Amazônia, a Mineração do Planalto, o Centro-Oeste, e Extremos Sul, a Colonização estrangeira, o Café, a Faixa Industrial). [Pag 15]
Foi nesses espaços territoriais litorâneos, de mata tropical úmida, habitadas por essas populações tradicionais que implantaram grande parte das chamadas áreas naturais protegidas, a partir dos anos 30 no Brasil. No Brasil houve um grandeimpulso à criação de unidades de conservação nas décadas de 1970 e 1980. Para Ghimire (1993) existe grande combinação de fatores que explicam o aumento da preocupação mundial pelas unidades de conservação, entre elas a rápida devastação das florestas, a disponibilidade de fundos internacionais, a perda de biodiversidade. Ele também diz que o governo não avalia corretamente os recursos ambientaise sociais da expansão dos moradores das áreas protegidas. As grandes partes das instituições ambientalistas empregam que quanto mais áreas de preservação melhor, mas essa questão levanta inúmeros problemas de caráter politico, social, e econômico e não se reduz.
As populações tradicionais são transferidas das regiões onde vivem, para regiões ecológicas e culturalmente diferentes, como parquesnacionais, com isso significaram para elesaumento de restrições no uso de recursos naturais. É incompreensível que suas atividades tradicionais como pesca e a agricultura sejam considerados prejudiciais a natureza, mas isso se da a um dos grande problemas que é as autoridades responsáveis pelas unidades de conservação que têm as populações tradicionais como destruidoras da vida selvagem, desprezandooportunidades reais de incorpora-las no projeto de conservação.
As ideias de parques como áreas selvagens e desabitadas, típicos dos primeiros conservacionistas norte-americanos, podem ter suas origens nos mitos do “Paraiso Terrestre”, próprio dos cristianismos. [Pag 27]
Sendo assim Thoreau escreveu em 1859 “Os que nós chamamos de natureza selvagem é uma civilização diferente da nossa” Dessaforma os conservacionistas recriaram os paraíso, sendo os parques nacionais desabitados, onde o homem poderia contemplar as belezas naturais. Essas ideias foram precursoras do que hoje se chama de desenvolvimento sustentável.
Um outro autor importante para o preservacionismo foi Marsh (1801-1882) analisando pela primeira vez nos EUA, os impactos negativos da nossa civilização sobre o meio ambiente esendo assim ele diz que “O homem se esqueceu de que a terra lhe foi concebida para usufruto e não para consumo ou degradação.” Assim ele propôs uma regeneração geográfica.
Apesar dos conflitos entre os preservacionistas, a área dos parque nacionais e outras unidades de proteção aumentaram consideravelmente nos EUA, passando por cerca de 14 milhões de acres em 1933 para cerca de 20 milhões em1946 e o numero de monumentos naturais passou de 33 para 86.
O modelo de parques nacionais sem moradores para a preservação da vida selvagem sofreu criticas tanto dentro quanto fora dos Estados Unidos, o que nos mostra que a natureza selvagem não foi considerada um valor em si, digno de ser protegido, a ideia de que a natureza tem um valor em si mesma provem basicamente dos que advogam direitos ao...
tracking img