Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (914 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHA

Trabalho da disciplina de Antropologia Teológica do Profº. Antonio Pontes de Moraes do curso Publicidade e Propaganda, onde solicita que se faça uma resenha do livro “Perca Tempo - Éno lento que a vida acontece”, escrito por Ciro Marcondes Filho e publicado pela Paulus.
É um livro que tenta ser de caráter motivacional, onde se faz uma análise sobre como nos deixamos desermos “naturais” e passamos a nos comportarmos e relacionarmos como máquinas. No livro ele aponta a possibilidade de uma mudança e que já estaria acontecendo, através de uma revolução pacífica esilenciosa.
O livro dividido em 10 capítulos onde ele descreve toda essa situação da pêrca dos sentidos naturais até a proposta da revolução silenciosa como forma de resgatar o sentido da vida.No primeiro capítulo o autor traça o processo que nos tornamos máquinas e o primeiro momento seria na escola, onde as crianças começam a ser moldadas para serem inseridas no tempo cronológico donosso cotidiano, em nossa sociedade. Nesse capítulo também escreve como a depressão nos atinge quando descobrimos que nosso corpo não é uma máquina e tem um limite de saturação. Discordo apenas noperíodo que as crianças são moldadas, pois acredito que esse processo de moldagem se inicia no seio familiar.
No segundo capítulo ele descreve como esse processo inicial de moldagem na criançacontribui para a blindagem do indivíduo. As nossas emoções, sentimentos são bloqueadas psicologicamente como forma de auto defesa e nesse instante deixamos de nos conhecer e o outro, deixamos simplesmentede viver a vida.
O terceiro capítulo fala do olhar, já começa a perceber que um tema complementa o outro. A imagem é algo que vem de fora para dentro do corpo e temos a capacidade deselecionar o que de fato desejamos ver. O grande problema é a capacidade de não enxergarmos o que de fato nós vemos e a partir daí não vemos o outro, mesmo que esse outro seja seu vizinho, seu familiar,...
tracking img