Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2248 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHA CRÍTICA

De que João Pessoa tem Medo?
Uma abordagem em Antropologia das Emoções
Mauro Guilherme Pinheiro Koury

O Prof. Mauro Guilherme Pinheiro Koury, nasceu em 1950, possuindo Graduação em Curso de Bacharelado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (1972), Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (1976) e Doutorado em Sociologia pelaUniversidade Federal de São Carlos, SP (2010). É professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal da Paraíba, tendo residido por alguns anos na Inglaterra, Estados Unidos e França, com intercâmbio com a Noruega, Dinamarca, America Latina, Portugal e Espanha. É detentor de experiência na área de Antropologia e Sociologia, com destaque nas linhas de pesquisas em Antropologia eSociologia das Emoções, em Antropologia e Sociologia Urbana e em Antropologia e Sociologia da Imagem e do Visual. É editor da Revista Brasileira de Sociologia da Emoção e, atualmente, seus trabalhos de pesquisa estão voltados para as temáticas: Fotografia e Sociedade, Medos Urbanos, Antropologia Urbana, Cidade e Cotidiano, Antropologia da Imagem e Antropologia das Emoções. Este livro se insere nocontexto de “Medos Urbanos”, penetrando nas práticas cotidianas dos informantes/respondentes, moradores da cidade de João Pessoa, e trazendo a tona o contido no imaginário destes, com a finalidade de tornara discutível a sociabilidade e a utilização dos espaços à luz do medo urbano na atualidade, fazendo parte de uma pesquisa maior intitulada “Medos corriqueiros: a construção social da semelhança e dadessemelhança entre habitantes urbanos das cidades brasileiras na contemporaneidade”, da qual o autor é coordenador, e visa, no caso deste livro, a compreensão da constituição do medo e quais destes medos povoam o cotidiano e o imaginário dos habitantes da cidade de João Pessoa, partindo da ótica analítica do medo como uma construção significativa e inerente ao social, além de ser um sentimentoativo da regência comportamental do ser humano e organizador do social no qual este ser está imerso.
O livro inicia introduzindo o leitor no delineamento dos aspectos relevantes ao se estudar uma cidade, voltados para a compreensão de sua solidariedade, dentro da teia de conflitos estabelecida entre seus moradores, com traços culturais e sociais, detendo-se sobre o cotidiano dessas pessoas, comseus personagens, projetos e sentimentos que afastam ou aproximam, esses moradores ou grupos uns dos outros. Assim, percebe-se com a expanssão da cidade está intimamente ligada a relação entre seus moradores, na construção de uma sociabilidade, onde esses personagens mostram uma visão, num delineamento temporal, de como se davam as relações sociais em épocas distintas, sempre associadas a expansãoterritorial da cidade e ao desenvolvimento local, e de como se dão na atualidade, acrescentando-se ao contexto a visão destes moradores sobre a ótica do medo e de como este se relaciona com a expansão territorial da cidade e seu desenvolvimento, bem como, nas relações sociais entre seus moradores e destes com os de outras regiões da cidade. O medo, no contexto do livro, nas palavras do autor, “...um fenômeno histórico e social...” (Mauro Koury), é tido como cultura que funda, estabelece e modifica as organizações sociais, e de como, atualmente, essa cultura do medo está modificando as relações sociais entre si, os outros e os processos de reconfiguração e remodelação da cidade de João Pessoa, indicando um acréscimo, com aceleração crescente, na ampliação dessa cultura do medo.
Feito isso,o leitor passa a ter contato com o histórico da cidade de João Pessoa, fundada em 1585, no topo de uma colina e com vista para o rio Sanhauá, inicialmente denominada Filipéia e depois Frederica e Parahyba, até a denominação atual, datada dos anos 30, e nesse contexto histórico é colocado a percepção do eu e dos outros processos de sua constituição espacial e social, incluindo os hábitos e...
tracking img