Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (405 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
|
|TRABALHO |
|DE|
|MACROECONOMIA|


TEMA: RESENHA ARTIGO




Valêncio, Manoel – Geógrafo, Pedagogo, Bacharel em Direito, Mestre em Economia Política pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo eDoutorando em Ciências Sociais pela Mesma Universidade, Ex – Docente da UAN – Campus de Benguela. Foi Voluntário da Nações Unidas e o Banco Mundial em Angola ( 1995/1997). Atualmente é ProfessorAdjunto da Universidade Cruzeiro do Sul em São Paulo



A Teoria Clássica e a Antítese Keynesiana do Pleno Emprego.


A meta deste artigo é analisar os principais tópicos da teoriaclássica e sendo utilizada como base teórica na revolução Keynesiana, onde a grande depressão dos anos 30 teve seu surgimento após as correntes crises do capitalismo.


O conjunto de práticaseconômicas e de idéias que surgiu, na Europa, entre 1450 e 1750 gerou o ensamento mercantilista, sendo associada na história á ascensão do Estado-Nação do continente europeu.


Resumidamentesão três os principais mandamentos da idéia metalista. Uma, decorre do fato de associar-se á idéia de moeda e riqueza (com reservas); a segunda, consistente no caráter de duração da riqueza metálica,e a terceira vem da necessidade que os países em expansão tinham no dinheiro para a guerra.


Os economistas clássicos deram ênfase as tendências do auto-ajuste na economia. Livre dasações do governo que causam instabilidade, o setor privado permaneceria estável e o pleno emprego seria atingido.

Nos clássicos o mecanismo auto-estabilizadores é a taxa de juros, sendo o...
tracking img