Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (439 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha
Saniel Bruno Palheta Correa

Filme: Língua: Vidas em Português
Diretor: Victor Lopes
O documentário língua vidas em português, dirigido por Victor Lopes, nos demonstra de umaforma ampla como a língua portuguesa esta presente em diversos continentes, povos e culturas. E um documentário de 90 minutos co-produzido por Brasil e Portugal e filmado em seispaíses(Brasil,Moçambique,Índia,Portugal,Franca e Japão),no ano de 2001.O conteúdo nos incita a um mergulho nas variabilidades lingüísticas dessa língua,mostrando-nos como o português e falado nesses países.
Em língua vidasem português,o foco esta na fala dos personagens,que através da comunicação interpessoal que e demonstrada no documentário, o tornam um objeto de estudo de interesse aos estudiosos . nele o diretorquis mostrar os sotaques e as variações que eram motivos de desprezo e marginalização da fala. Isso fica evidente na primeira frase do documentário dita pelo escritor Jose Saramago:”não há línguaportuguesa,há línguas em português”.isso nos faz constatar que há diferenças e semelhanças da língua portuguesa.
No documentário há depoimentos que nos faz refletir sobre o distanciamento de culturas,hábitos e tradições,ele nos mostra que em Portugal ,as pessoas ainda preservam o seu modo de falar. Já na vila de Loutolim, sul do estado de Goa,na Índia, encontramos pessoas como o padeiro RosárioMacário, o ilustrador Mario Miranda e o musico e fazendeiro Emiliano da Cruz, que apesar da superposição da cultura indiana ainda falam o português.
Em Duas Barras,no estado do Rio de Janeiro ,temos ocantor e compositor Martinho da Vila,que fala quando comprou sua casa de origem relembra dizendo: “o que faz a memória e a palavra,a conversa familiar e a cultura que passa boca a boca “.Já em Bukisso naÁfrica,esta uma comunidade que trabalha com o desarmamento de minas, como Arthur musa coelho. Nos botecos cariocas,o escritor João Ubaldo Ribeiro que acredita ser “apenas um usuário da língua”....
tracking img