Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1036 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Referências Bibliográficas
CASOY, Ilana;O Quinto Mandamento;Caso de Polícia; O Assassinato do Casal Richthofen; São Paulo; Editora Ediouro; 2009;191 páginas.

Ilana Casoy é pesquisadora e escritora na área de violência e criminalidade, há dez anos se dedica a estudos de crimes violentos e assassinatos em série. Formada em Administração pela FGV e Especialista em Criminologia peloInstituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCR IM) também é membro do Núcleo de Antropologia do Direito da USP – NADIR. Solicitada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público de São Paulo e de outros estados para ajudar na elaboração da análise criminal de casos em andamento. Em suas palestras, trata de assuntos relacionados à criminalidade e violência, com recurso de documentários de suasentrevistas com os assassinos. Em maio de 2006, lançou ‘O Quinto Mandamento: Caso de Polícia’ Neste livro, Ilana revela em informações exclusivas as pistas que a jovem Suzane Louise von Richthofen, Daniel e Cristian Cravinhos deixaram na cena do crime e destaca o impressionante trabalho pericial e policial empregados a este caso. Munida de uma autorização judicial foi a única civil a participar dareconstituição do crime. Para mostrar toda estratégia dos acontecimentos, conversou com aproximadamente 100 envolvidos na investigação entre advogados, policiais, juízes, promotores e por intermédio dos peritos, tirou dúvidas com os próprios assassinos. Está em sua 7ª edição. Está entre suas outras obras o Serial Killer – Louco ou Cruel? – 9ª edição, Serial Killers – Made in Brasil – 7ª edição e A Prova éa Testemunha – publicado pela Larousse.
O livro “O Quinto Mandamento” de Ilana Casoy trata do crime e da investigação que tanto chamou atenção da sociedade brasileira e também no mundo, o caso do assassinato do casal Richthofen. Um caso atípico na sociedade, pelo menos em relação ao que é mais divulgado pela mídia, por se tratar de um crime acontecido em classe média alta, por uma moçaaparentemente inofensiva de boa aparência e estudante de direito, além de filha bem cuidada pelos pais, recebendo todo zelo e oportunidade que qualquer garota gostaria de receber. Ilana descreve passo a passo a investigação, de forma a prender a atenção do início ao fim, sobre um ângulo privilegiado de quem pôde fazer parte das observações, acompanhando o trabalho dos legistas e participando dareconstituição, porém munida de não só análises técnicas como


3
também de sentimentos que imaginava serde toda a sociedade. Também é revelado de forma instigante o comportamento perturbador dos criminosos, a frieza e anormalidade de comportamento das possíveis vítimas, a filha do casal seu namorado e cunhado, que passaram a serem os acusados, isso foi o que mais alarmou no conhecimento do caso. É apresentada uma riqueza de material, como fotos da reconstituição e detalhes sistemáticos dosacontecimentos. Ilana nos faz ao mesmo tempo entender o que aconteceu nesse crime tão cruel como também nos faz refletir sobre a sociedade em que vivemos. O que leva uma filha a tirar a vida dos seus próprios pais em troca de dinheiro ou de uma provável paz com o seu namorado, ferindo assim um dos maiores mandamentos que é honrar pai e mãe. A obra por ser objetiva e de uma linguagem simples é de fácilcompreensão, é composta pela descrição do crime, descrição da perícia, dividindo os acontecimentos dia a dia, e pela reconstituição.
PALAVRAS- CHAVES: Crime, investigação, perícia, reconstituição, comportamento.
A autora emite suas conclusões no prólogo do livro, levando em conta sua experiência, de acordo com os acontecimentos, discorre sobre o espanto que lhe causa os casos de parricídio e...
tracking img