Resenha: o homem mais rico da babilônia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2490 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha: O HOMEM MAIS RICO DA BABILÔNIA
Autor: George Samuel Clason

O autor George Clason, nascido no Louisiana em 1874, foi militar, homem de negócios e escritor.
Por volta de 1926, escreveu uma série de panfletos informativos sobre como alcançar o sucesso financeiro, com parábolas ambientadas na antiga Babilônia.

O homem que desejava ouro: Bansir, o fabricante de carruagens daBabilônia, achava-se completamente desanimado; muito absorvido por seu próprio problema para ouvir ou prestar atenção ao confuso burburinho da atarefada cidade. Se pegando em um devaneio, um sonho sem sentido onde se via como um homem de posses comentou com seu amigo o músico Kobbi de como este sonho o deixara apático e deprimido “Por que, realmente! Porque, quando acordei e me lembrei de que não tinhaum centavo sequer, um sentimento de revolta tomou conta de mim. Não passamos de duas ovelhinhas pacatas! Vivemos na mais rica cidade do mundo. Mas o que há? Por que não podemos obter prata e ouro — mais do que apenas o necessário para o sustento do lar? Em todos esses anos de amizade nunca o vi falando desse modo, Bansir. — Kobbi estava perplexo. Porque, na verdade, nunca tinha pensado assim. Vocêparece verdadeiramente inspirado, Bansir. Está me trazendo uma nova compreensão. E me faz perceber por que nunca encontramos nenhuma quantidade de ouro. Nós nunca o procuramos. Vamos hoje mesmo à procura de Arkad — insistiu Bansir. — Busquemos igualmente outros amigos de infância que não tiveram maior sucesso que nós mesmos, para que compartilhem conosco as mesmas lições.”
O homem mais rico daBabilônia: “Era uma vez, na antiga Babilônia, um homem muito rico chamado Arkad., conhecido em toda parte devido a uma imensa riqueza, tornara-se igualmente famoso pela liberalidade. E houve alguns amigos da juventude que vieram até ele, dizendo-lhe:__ Você, Arkad, é mais venturoso do que nós. Você se tornou o homem mais rico de toda a Babilônia, enquanto nós lutamos para sobreviver. Sendo, comosabem, filho de um humilde comerciante, membro de uma grande família sem qualquer expectativa de herança, e não me achando dotado, como me disseram vocês com tanta franqueza, de poderes superiores ou talentos especiais, decidi que, se realmente quisesse conseguir tudo o que desejava, precisaria basicamente de tempo e estudo. Empreguei-me como escriba na sala de registros e todos os dias trabalheihoras sem conta sobre as tabuinhas de argila. Comida, roupa, os compromissos para com os deuses, consumiam tudo o que eu ganhava. Mas minha determinação continuou de pé. Um dia Algamish, o homem que empresta dinheiro, veio até a administração da cidade e solicitou uma cópia da Nona Lei, trabalhei arduamente, mas o texto da lei era muito comprido, e quando Algamish voltou eu ainda não tinhaterminado a transcrição. Disse a Algamish:__ Você é um homem realmente rico, diga-me como posso também tornar-me rico, e prometo-lhe que passarei a noite em claro entalhando as tabuinhas. Assim que o sol nascer, estarão prontas. Ele sorriu e respondeu-me: __Você é um belo tratante, mas vamos considerar isso como uma transação. No dia seguinte, entregues as tabuinhas conforme prometido, Algamish disse-me:__Você fez a sua parte em nossa transação, meu filho, disse-me ele, com benevolência, e estou pronto para fazer a minha. Guarde bem minhas palavras, pois do contrário deixará de assimilar a verdade do que lhe contarei e pensará ter sido em vão todo o trabalho que teve durante essa noite.”
Meses depois encontrando-se com Algamish, Arkad percebeu que já havia aprendido bem suas lições. Aprendeuprimeiro a viver com menos do que podia ganhar., depois aprendeu a aconselhar-se junto àqueles cuja competência deriva de suas próprias experiências e finalmente, aprendeu a fazer o ouro trabalhar para você.
“Você ensinou a si mesmo como adquirir dinheiro, poupá-lo e usá-lo. Reuniu, portanto, condições para ocupar uma posição de confiança estou me tornando muito velho se você concordar em ir...
tracking img