Resenha - a ordem do discurso (foucault)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (862 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A ordem do discurso

Essa obra é de grande significância para os estudos filosóficos. Foucault, no texto, fala sobre a seguinte hipótese: em todas as sociedades, a produção dos discursos éregulada, organizada e selecionada, caracterizando o poder da palavra e os eventuais perigos decorrentes dela, quais sejam: os procedimentos exteriores e controle e delimitação do discurso, procedimentosinternos de controle e delimitação do discurso, imposição de regras aos sujeitos do discurso.
Nos procedimentos externos de controle e delimitação do discurso, ele fala de três tipos de exclusão, como:a interdição, separação/rejeição e vontade de verdade. A interdição, não se pode falar tudo que pensa em qualquer situação, e nem pode falar de qualquer coisa aleatoriamente. Com isso, fica claro odistanciamento de transparência do discurso. É mostrada, aqui, a ligação do discurso com o desejo e com o poder. Foucault fala também sobre a separação/rejeição, separação razão/loucura. Desde a Altaidade, o discurso do louco é impedido de circular coo os dos outros, pois as palavras dos loucos nunca eram recolhidas ou escutadas.
Já para representar como o saber é aplicado em uma sociedade, elepropõe uma vontade da verdade, a qual, se nos situarmos no nível de uma proposição, no interior de um discurso, a separação entre o verdadeiro e o falso não é nem arbitrária, nem modificável, neminstitucional, nem violento. Mas, se levantarmos a questão de saber, situando-nos em outro nível, qual é essa vontade de verdade que atravessou tantos séculos de nossa história, ou qual é o tipo deseparação que rege nossa vontade de saber, então é algo como um sistema de exclusão, histórico, institucionalmente constrangedor.
Nos procedimentos internos, os comentários, o controle do discurso éexercido por ele próprio. Os discursos que se dizem no correr dos dias e das trocas, e que passam com o ato mesmo que os pronunciou, e os discursos que estão na origem mesmo de certo número de atos...
tracking img