Resenha - a cidadania no feminino

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (568 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A cidadania no feminino é uma questão que enfrenta grande desigualdade social, essa desigualdade se reflete especialmente naquelas mulheres que são mais pobres que os homens, ganham salários menorese tomam frente de responsabilidades tanto domésticas quanto familiares. Mulher... Que é tão oprimida e discriminada luta arduamente pela universalização dos direitos.
Viveu-se em uma sociedade cheiade costumes, usos e valores que adotava uma definição de homem e mulher. O trabalho doméstico era uma ''vocação natural'' da mulher já que a feminização dessa ocupação já existia. A mulher foi educadapara cuidar dos outros, da casa, especialmente da família. Esse prolongamento biológico, durante muito tempo, fez com que as mulheres que trabalhassem fora de casa fossem encaradas como desonestas.Desse modo, o trabalho remunerado foi reprovado moralmente durante um longo tempo, pois se tratava de algo impróprio a seu sexo.
Educadas para o lar, meninas só passam a entram em estabelecimentosescolares no ano de 1827, devido uma lei criada no Brasil. Um longo tempo depois, em 1879 foi permitido o acesso à universidade, porém uma minoria tinha coragem de enfrentar os preconceitos já que seacreditava que ''Lugar de mulher era em casa, cuidando da família, estudar só se fosse para aperfeiçoar-se nos papéis de esposa e mãe''.
A sexualidade da mulher foi demonizada por um autor em uma tesede Medicina defendida em 1915 onde ele dizia que ''Com exceção das nymphomanas, as mulheres são sem exaltação erótica, o que as torna essencialmente e biologicamente monógamas'', com essas palavras oautor afirmou que as mulheres consideradas normais não tinham desejo, mas sim as doentes que possuíam desejos sexuais. Para completar o autor condenou o adultério feminino, sem discriminar o masculino,dizendo: ''O adultério feminino é crime grave. Das chagas do organismo social é a mais aviltante. '' Paralelamente condenou também os atos sexuais sem função reprodutiva, ''O sexo – em se tratando...
tracking img