Resenha a chamada acumulação primitiva do capital |karl marx|

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1840 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MARX E O INÍCIO DA EXPLORAÇÃO

Karl Heinrich marx, filósofo e economista, nasceu em Trier, Alemanha, em 5 de maio de 1818. Estudou na Universidade de Berlim, interessando-se principalmente pelas ideias do filósofo Hegel. Formou-se pela Universidade de Iena em 1814.
Em 1842 assumiu o cargo de redator chefe do jornal alemão Gazeta Renana, editado em colônia, onde tinha postura política de umliberal radical. No ano seguinte se transferiu para Paris; lá conheceu Friedrick Engel,um radical alemão de quem se tornaria amigo íntimo e com quem escreveria vários ensaios e livros. De 1845 à 1848 viveu em Bruxelas, onde participou de organizações clandestinas de operários e exilados.
Em 1847 redigiu com Engels o manifesto comunista, primeiro esboço da teoria revolucionária que, mais tarde,seria chamada marxismo. No manifesto comunista Marx convoca o proletariado à luta pelo socialismo. Em 1848, quando eclodiu o movimento revolucionário em vários países europeus, Marx voltou à Alemanha, onde editou a nova Gazeta Renana, primeiro jornal diário francamente socialista e que procurava orientar as ações do proletariado alemão. Com o fracasso da revolução. Marx fugiu para Londres, ondeviveu o resto de sua vida.
Fundou, em 1864, a associação Internacional doa Trabalhadores – depois chamada Primeira Internacional dos Trabalhadores – com o objetivo de organizar a conquista do poder pelo proletariado em todo o mundo. Em 1867 publicou o primeiro volume de sua obra mais importante, “O Capital”, em que faz uma crítica ao capitalismo e a sociedade burguesa.
Marx é o principalidealizador do socialismo e do comunismo revolucionário. O marxismo – conjunto das ideias político – filosóficas de Marx – propõe a derrubada da classe dominante (a burguesia) por uma revolução do proletariado. Marx criticava o capitalismo e seu sistema de livre empresa que, segundo ele, pelas contradições econômicas internas, levaria a classe operária à miséria. Propunha uma sociedade na qual osmeios de produção fossem de toda a coletividade.
Suas principais obras são: O capital (publicado entre os anos de 1867 e 1894), manuscritos econômico – filosóficos (escrito em 1844 e publicado em 1932), A miséria da filosofia (1847). Escreveu em parceria com Engels: A sagrada família (1844), A ideologia Alemã (1845-1846), Manifesto Comunista (1848).
Marx morreu em Londres em 14 de março de 1883.Marx em : A chamada acumulação primitiva.

A chamada acumulação primitiva é o processo da história que separa o trabalhador dos meios de produção, essa acumulação é considerada primitiva pois forma a pré-história do capital e do modo de produção capitalista. Marx demonstra como o dinheiro se transforma em capital e como se produz o "trabalho que deveria valer mais " (mais-valia) com ocapital ("... Mas a acumulação do capital pressupõe a mais valia, a mais valia a produção capitalista, e esta a existência de grandes quantidades de capital e de força de trabalho nas mãos dos produtores de mercadorias. Todo esse movimento tem assim a aparência de um círculo vicioso do qual só poderemos escapar admitindo uma acumulação primitiva, anterior à acumulação capitalista, uma acumulação quenão decorre do modo capitalista de produção, mas é seu ponto de partida. [...] por causa dele, a grande massa é pobre e só tem a força de trabalho para vender [...] Desde o início da humanidade, o direito e o trabalho são os únicos meios de enriquecimento [...] Os métodos da acumulação primitiva nada têm de idílicos [...] o processo que cria o sistema capitalista consiste apenas no processo queretira ao trabalhador a propriedade de seus meios de trabalho, um processo que transforma em capital os meios sociais de subsistência e os de produção e converte em assalariados os produtores diretos")1
Marx fala que a subida do capitalista demonstra uma vitória contra os senhores, contra as corporações e os feudos,("... os capitalistas industriais tiveram que tirar o domínio que os mestres das...