Resenha sobre "a nova desordem digital", de david weinberger

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (497 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
* -------------------------------------------------
WEINBERGER, David.
* -------------------------------------------------
A Nova Desordem Digital.
*-------------------------------------------------
Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.
* -------------------------------------------------

* -------------------------------------------------
Em "A Nova Desordem Digital", Weinbergerfala, de forma geral, sobre a valiosidade da informação enquanto está disponível virtualmente para ser organizada da forma que o usuário bem entender, visto que hoje os usuários têm liberdade parainventar suas próprias maneiras de detectar o que é importante e como tal dado será acessado.
* -------------------------------------------------
Inicialmente, o autor parte do pressuposto de quenão existe uma forma ideal de organizar o mundo, embora a socidade se sinta mal com a desordem e tenha uma tendência intrínseca de ordenar os ambientes em que vive. Weinberger questiona, por exemplo, aarbitrariedade e a artificialidade da ordem alfabética, lembrando que não segue, necessariamente, uma ordem natural. Além disso, ressalta que o mundo é diversificado demais para qualquer sistema únicode classificação funcionar para todos, em todas as culturas, o tempo todo. Isso porque a geografia do conhecimento é diferente conforme as sociedades e os indivíduos. Ainda de acordo com o autor, alimitação física na organização de informações, imposta pelo papel em uma enciclopédia, por exemplo, concede poder a quem controla a organização.
* -------------------------------------------------Logo o autor chega ao seu tópico preponderante: as tags - ou marcações - são uma das formas de a miscelânea de informações se tornar útil. Isso porque a forma como o conteúdo é organizado nãodetermina a forma de organização dos usuários. São estes os novos princípios do conhecimento, segundo o autor: (1) Filtragem inclusiva (aumenta o conhecimento compartilhado) x exclusiva (exclui o lixo...
tracking img