Resenha sobre a ldb

Este trabalho tem por objetivo apresentar uma resenha sobre o livro a nova Lei de Diretrizes e Bases (LDB): Ranços e Avanços / Pedro Demo – 2ª ed. Campinas, SP: Papirus, 1997. (Coleção Magistério:Formação e trabalho pedagógico).

De início, o autor faz a primeira crítica, das diversas que surge no decorrer do livro e que em nenhum momento ele está totalmente errado. A primeira coisa para aqual ele chama a nossa atenção é para a questão de que vivemos em um país em que tem muitas leis, onde as mesmas não são cumpridas, principalmente no que diz respeito à educação. Os senadores DarcyRibeiro, considerado um dos que mais lutaram para a aprovação da LDB no Congresso, demonstra que a Lei de Diretrizes e Bases dói tida como a “lei dos sonhos do educador brasileiro”.

A LDB não surge aquicomo algo inovador, mas traz consigo alguns dispositivos inovadores e flesibilizadores, que permitem o avanço em certos rumos. O que, de certa forma, é muito bom, pois a educação necessita mesmo deencontrar um caminho melhor, e para que isto venha a acontecer é necessário que todos estejam dispostos a mudar.

Ao falar da jornada de trabalho em sala de aula a obra acrescenta que deveria ampliaro período de permanência na escola sendo o ensino fundamental das redes públicas e urbanas ministradas progressivamente em tempo integral. Pensando na aprendizagem pode até melhorar, mas para issosurgem diversos outros fatores que devem ser analisadas.

O primeiro é a questão da remuneração dos profissionais. Não podemos deixar de lado, também à questão da flexibilidade que o sistema deve tere que é necessária a colaboração entre a União, os estados e municípios, uma vez que a União nos deixa entender que educação precisa ser resolvida localmente. É uma decisão correta pois cadalocalidade possui as suas próprias dificuldade. A lei deixa claro que deve existir uma formação básica comum tanto na educação infantil, no ensino fundamental e no ensino médio. O texto demonstra ainda uma...