Resenha sobre a festa do bode

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (337 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A FESTA DO BODE Genial novela do escritor peruano MARIO VARGAS LLOSA, a qual recentemente foi levada ao cinema pelo Diretor Luis Llosa e protagonizada pelos atores Isabella Rossellini e Juan DiegoBotto, entre outros. Esta novela está ambientalizada na República Dominicana, em 1961, na cidade DE Santo Domingo (então Cidade Trujillo), qual vivia os agitados e últimos dias de tirania do ditadorRafael Leônidas Trujillo, também conhecido como ?O Bode? (1930-1961). Uma menina (Urania Cabral) convertida em mulher viaja dos Estados Unidos a Santo Domingo para reencontrar-se com seus fantasmas,da época do ditador, quando seu pai ?Cerebrito? Cabral, junto ao Doutor Balaguer (presidente Pelele) e Coronel Abbes García eram uns dos mais fiéis cooperadores do General Trujillo, e através de seusolhos, que recordam aquela época, vemos até onde uma pessoa sedenta de poder e que controla seu país com mão-de-ferro pode chegar para satisfazer seus desejos pessoais mais íntimos, e como outrosguiados por uma vida de comodidades e luxos e pelo medo de perder tudo, inclusive a vida, utilizam o que mais querem para prolongar sua agonia. Traslada-nos para uma época de conspirações para derrubarao ditador, em um dia em que vários homens, os quais em sua maioria acreditaram em ?O Bode?, e este como a todo o mundo na República Dominicana os havia usado, mau tratado e perseguido até tal pontoque decidem acabar com o tirano em uma solitária estrada, apesar de que isso também pode acabar com suas vidas, somente com a esperança de que algo mude em seu país. É uma história a mais de umditador a mais, dos que desgraçadamente têm controlado muitos países (especialmente na América do Sul) através da mentira, da violência e gerando medo dos cidadãos, com a diferença de que nesta ocasiãoestá contada com a maestria e genialidade de um dos melhores autores contemporâneos, o qual inclusive arranca-nos algumas lágrimas de impotência durante a leitura dos últimos capítulos de A FESTA DO...
tracking img