Resenha sobre argumentos em favor da pedagogia do esporte: implicações para a prática pedagógica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1004 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Texto: Argumentos em favor da pedagogia do esporte: implicações para a prática pedagógica

A pedagogia do Esporte na atualidade vem sendo estudada, sempre com o intuito de valorizar e resgatar o Homem como ser sócio cultural, trazendo significados e re-significados.
A pedagogia do esporte por muito tempo esteve a serviço de uma abordagem tecnicista, que prioriza a construção de um indivíduopreparado para executar movimentos pré-determinados para então, posteriormente, automatizá-los, separando o ensino da técnica do contexto do jogo.
A evolução do esporte sugere uma prática pedagógica que priorize, além dos métodos e procedimentos, a preocupação com quem faz o gesto, estimulando-o a identificar e resolver problemas e ainda proporcionando a criação de novos gestos.
Na ânsia emprivilegiar a aprendizagem, baseada em uma concepção de transmissão de conteúdos, os professores esqueceram-se de que continuam a aprender. Tornaram-se audaciosos suficientes, a ponto de pensarem que tudo sabiam. Conseqüentemente, os levou a cometer erros sobre o modo de ensinar. Nessa concepção, foi tirada dos aprendizes a possibilidade de aprender por suas próprias vivências, delimitando-os assim aoreducionismo de apenas reproduzir aprendizagens já testadas, sem a possibilidade de criar e recriar.
Foi-nos tirada à condição e a capacidade de seres inteligíveis para a de seres condicionados a soluções pré-determinadas.
Estamos longe de sermos detentores de todo o conhecimento, o que nos possibilita crescermos juntos com nossos educandos, exercendo assim a condição única de seres humanos;seres inteligentes, capazes de criar, reinventar e re-significar diferentes jogos/esportes.
Como exemplo, fazemos referência, aos praticantes e profissionais que vêm se dedicando à tarefa de transformar, adaptar e reinventar os jogos/esportes, proporcionando sua prática à população com limitação física ou mental, como é o caso do basquete para cadeirantes, futebol para cegos, natação e atletismo paraas mais diversas limitações, vôlei para amputados e tantas outras adaptações.
A pedagogia que defendemos é aquela em que a preocupação central seja com quem executa o gesto. Uma pedagogia orientada para além da simples condução ao saber, onde se valoriza a interação entre aluno-professor, em que, segundo Paulo Freire (1996, p. 25), o “ensinar não é transferir conhecimento, mas criar aspossibilidades para a sua produção ou a sua construção”.
O professor no processo ensino-aprendizagem deverá assumir o papel de agente mediador e incentivador na busca do saber. A função do professor, longe de ser o único detentor das tarefas de ensino, deverá estimular os alunos a buscarem outras fontes para aprendizagem, fazendo com que encontrem soluções próprias para problemas contextualizados. (GRAÇA;MESQUITA, 2006).
Acreditamos em uma prática esportiva mediada pela ação do agente pedagógico, como facilitadora de cidadãos melhores, acrescentando ainda, cidadãos autônomos, capazes de refletirem e transformarem sua prática esportiva, deixando de serem meros repetidores. (SCAGLIA; SOUZA, 2004; REVERDITO, 2005).
Para a construção de um indivíduo na sua totalidade, é necessário levar emconsideração sua história de vida, integrada a sua cultura corporal e social, para assim aluno e professor construírem juntos, aumentando não só seu repertório motor e cognitivo, mas também estimulando a valorização de suas vivências, fazendo com que se sinta parte integrante e essencial no processo de ensino-aprendizagem, instigando sua auto-estima e a construção de sua criticidade, mostrando o quantoimportante é sua contribuição.
Portanto, se na condição de educadores queremos possibilitar aos nossos educandos uma formação em sua totalidade, devemos ser capazes de manter em nós e neles “a curiosidade como inquietação indagadora como inclinação ao desvelamento de algo, como pergunta verbalizada ou não, como procura de esclarecimentos, como sinal de atenção que sugere alerta faz parte...
tracking img