Resenha quincas borba

Literatura

Resenha Crítica:
Quincas Borba, Machado de Assis

Quincas Borba foi escrito em 1891, é um livro de Romance que tem um foco narrativo em terceira pessoa é uma narrativa maispreocupada com a análise psicológica, fazendo crítica à sociedade a partir do comportamento de determinados personagens e tem como tema a loucura despertada através de um processo que ativa fatores ocultos eela é composta de inicio, meio e fim bem delineados. O narrador se distancia para observar os personagens, contudo em muitas ocasiões se aproxima para fazer zombaria do leitor.
O ambiente em que olivro é escrito inicia e termina em Barbacena, Minas Gerais. Sendo que todos os fatos intermediários ocorrem na cidade do Rio de Janeiro. A sociedade sofre alteração conforme o ambiente. Em Barbacena asociedade era uma sociedade pacata, em Rio de Janeiro estavam os maiores, a elite, e lá havia mais uma variedade de pessoas. A Corte, durante o segundo reinado, era a Capital do Rio de Janeiro, cuja amoda era ditada pela tendência Francesa.
O enredo é organizado, mas há episódios que destacam apenas um assunto, embora tenham relação entre si. O clímax se inicia quando Rubião se declara aSofia e é rejeitado, daí em diante começam os “parasitas” a rodear seus bens. Quando Carlos Maria se introduz no contexto, isso faz com que Rubião se abale, ele começa a desejar a amada com enormes ciúmesdo galanteador que a rodeava, se associa com Camacho e começa a perder dinheiro. O desfecho mostra Rubião iludido e explorado, ao fim, com sua cabeça totalmente confusa, ele desaparece e aparece emBarbacena totalmente desamparado. Recolhido por uma dona, ele falece na casa desta.
Nesta obra o mais importante é o caráter dos personagens. Eles não estão presos à trama da narrativa. Movimentam-seem um ambiente mais de reflexões do que de ação. Os personagens ficam sempre passivos, e esta força determina-lhes as ações.
O personagem principal é Rubião protagonista da história, é indeciso,...