Resenha - pedagogia da autonomia de paulo freire

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1157 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PEDADOGIA DA AUTONOMIA

(de Paulo Freire)

RESUMO

Paulo Freire, no livro Pedagogia da Autonomia, enfoca a pedagogia fundamentada na ética, no respeito à dignidade e à própria autonomia do educando.

Para isso, ele divide a temática em três capítulos, detalhando, de forma brilhante, vários saberes necessários à prática educativa, saberes estes que serão resumidos a seguir:

No CapítuloI, Paulo Freire aborda que não há docência sem discência. Aqui, o autor considera que os saberes indispensáveis à prática docente do educador progressista estão, não só na reflexão crítica sobre sua ação técnico-pedagógica, mas também na responsabilidade da produção e construção do discente, sujeito que o educador ajuda a formar. Freire (2006, p.23) sintetiza esta relação dizendo que “quem formase forma e reforma ao formar e quem é formado forma-se e forma ao ser formado”.

É a prática da ética universal do ser humano – ética vista como marca da natureza humana – indispensável à convivência das pessoas e fundamental à prática docente.

Ele salienta que o ser humano é um ser condicionado, não determinado, que vai além de seus condicionantes, através da rebeldia, curiosidade e forçacriadora - vai além do que lhe é ensinado. Por isso, a responsabilidade do professor ao transmitir para o educando a beleza de estar no mundo, como ser histórico, produto e produtor de uma realidade construída.

A prática pedagógica exige pesquisa, respeito e criticidade. Não há ensino sem pesquisa e pesquisa sem ensinar. É o que o autor denomina de “curiosidade epistemológica”.

A curiosidadeingênua, o saber pela experiência e o respeito à capacidade criadora do educando. Respeito por sua experiência, pela sua realidade vivida, pelos saberes extra-curriculares que o educando traz consigo, enfim, respeito ao ser humano como ser histórico-social que, a cada momento, constrói e reconstrói a realidade vivenciada.

Outro tema abordado pelo autor é a estética e ética que envolve o ato deensinar. Pela sua condição histórico-social, o homem é capaz de valorar, intervir, escolher, decidir, romper, enfim, é um ser ético porque está sendo (está em construção). Não se admite, diz o autor, uma transgressão à ética por que ela está na essência da natureza humana.

De igual modo, ser generoso é ser ético. O ser ético é corporificado com o exemplo. Na pedagogia progressiva não basta apenaso discurso, a ação (ou o exemplo) consubstancia a prática.

O educador ensina não só o conteúdo pedagógico, mas também a prática crítica, dinâmica, dialética, pensar sobre o que se faz. Esta reflexão possibilita a curiosidade ingênua, a crítica que deságua para a curiosidade epistemológica. Uma das tarefas mais importantes da prática educativa-crítica é possibilitar aos docentes e aosdiscentes, condições para assumir-se como ser social, histórico, transformador e realizador de sonhos, capaz de sentir, de viver fortes emoções, ter medo e coragem, tudo isso, retratado na condição multifacetada que constitui o ser humano.

No Capítulo II, o autor enfoca que o ensinar não é transferir conhecimento, é criar condições para que o educando produza sua própria construção. O educador ensina,não transfere conhecimentos. Apenas o ser humano é inacabado, inconcluso – ele se constrói diariamente.

Ele é um ser em realidade, que sofre influências de forças sociais, genéticas, culturais e históricas. Como diz o autor: “a inconclusão faz parte da natureza do fenômeno vital” (FREIRE, 2006, p.55).

Por esta razão, é necessário o respeito à sua autonomia, utilizando o bom senso e valoreséticos como fundamentos da prática educativa.

O professor que desrespeita a curiosidade do educando, sua linguagem, inquietude, dentro outros, transgride os princípios fundamentais da ética humana.

O bom senso, a ética do professor progressista, respeita as condições sociais, culturais, econômicas e familiares de seus alunos, isso porque ele não só transmite conhecimento, mas também ajuda na...
tracking img