Resenha organizacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (825 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

O bem estar em primeiro lugar


O artigo científico “Comportamento pessoal versus comportamento organizacional”, escrito pelas estudiosas Zélia Malinverni Appel e VivianeRodrigues Pucci, representantes da Universidade do Planalto Catarinense, foi publicado pela revista mexicana “Psicologia para América Latina” em sua nona edição, em Abril de 2007. Ele consiste em umapesquisa de campo executada pelas autoras em um dos setores de produção de uma multinacional, constituído por 29 colaboradores (incluindo direção, staff e operariado) e situa-se no planalto catarinense. Talpesquisa foi efetuada através de formulários entregues a todos os funcionários, constando neles perguntas relativas à vida de privada de cada, suas relações dentro do âmbito empresarial, a satisfaçãodeles com a organização, entre outras. Os resultados foram demonstrados de modo qualitativo e quantitativo, de modo a traçar conclusões sobre o clima organizacional, relacionamento dentro da empresa,comunicação, etc.

Inicialmente, o texto faz menção aprofundada dos motivos pelos quais se deve, em uma empresa, prezar pelo bem estar de seus funcionários, o bom treinamento e preparode líderes, uma boa comunicação e a manutenção de um clima empresarial positivo. Assim, são citados os principais valores da Escola Administrativa Humanística, que acredita que o bem estar psíquicodos funcionários é fundamental para a satisfação geral que, por sua vez, é a peça chave para o aumento da produtividade e lucro da empresa (como explícito no texto: “Uma equipe motivada cumpre suasmetas numa integração individual e social, fator que proporciona crescimento”).

Igualmente, são apresentadas no desenvolvimento do artigo, referências negativas aos pontos rígidos emecanicistas da Teoria Clássica da administração, considerados como formas de exploração dos colaboradores em favor dos interesses patronais. É, portanto, claro, a defesa de uma abordagem mais humanística...
tracking img