Resenha michel thiollent. notas para o debate sobre pesquisa-ação

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1001 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de Minas Gerais
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas
Departamento de Ciência Política
Gestão Pública
Aluna: Amanda Martins da Silva.
Disciplina: Metodologias Participativas
Professor: Carlos Roberto Horta.

Resenha do texto: THIOLLENT, Michel. Notas para o debate sobre pesquisa-ação. In: BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Repensando a pesquisa participante. São Paulo:Brasiliense, 1984.

Thiollent inicia o texto fazendo uma distinção entre pesquisa participante (PP) e pesquisa-ação (PA). Segundo ele, existem diversos tipos de pesquisa participante e de pesquisa-ação. Toda pesquisa-ação é uma pesquisa participante, mas o contrário nem sempre o é. As duas expressões não são sinônimas.
O foco da pesquisa-ação é basicamente a questão do agir. Diferentemente dapesquisa participante, que enfatiza principalmente a observação do pesquisador, a pesquisa-ação é baseada na participação dos interessados na pesquisa, envolvidos em uma intervenção para alterar a situação investigada. “A PA faz parte de um projeto de ação social ou da resolução de problemas coletivos” (pg. 84). Os investigados precisam de informação para os dois casos.
Na PA é necessário mínimoapoio do grupo estudado. Ela tem caráter emancipatório e é realizada em projetos de educação popular ou de comunicação social. Os pesquisadores buscam estudar e modificar as ações de grupos e pessoas em relação a determinados acontecimentos sociais. A concepção crítica da pesquisa-ação objetiva a conscientização sociopolítica dos grupos estudados.
O ideal científico busca a diferenciação entreexigências científicas e aspectos valorativos. A investigação não é isenta de valores, até mesmo a seleção de métodos de pesquisa está ligada a concepções prévias, portanto, não é possível isentá-la totalmente desses aspectos. A pesquisa-ação está relacionada a uma interação mais direta, uma comunicação efetiva, cultural e social. Valoriza as ideias de estar ao lado das pessoas humildes, fazer oshumildes participarem, conhecerem a situação em que vivem. É desejável que a ação seja reflexo da comunidade, que ela se solidarize, se autodefenda, se compreenda.
Além dos aspectos de aproximação e participação da comunidade, as pesquisas "participante" e "ação" possuem outros aspectos favoráveis, como a possibilidade de divulgação imediata dos resultados obtidos, devido ao estabelecimento decanais de comunicação com os pesquisados. As duas também podem se adequar melhor aos temas e problemas das pessoas mais simples.
Dois aspectos justificam a adoção da PA, segundo Thiollent. O primeiro, refere-se a ligação existente entre PP e a ideologia da participação popular, e entre a PA e "uma ideologia da ação coletiva ou da comunhão de espíritos" (pg.87). O segundo, a diferenciação entre aPA e as técnicas convencionais de pesquisa e o padrão positivista. O primeiro aspecto pertence ao plano dos valores, o segundo ao metodológico e epistemológico. A perspectiva do autor é abordada a partir do segundo.
O autor afirma que a pesquisa-ação é tão exigente metodologicamente quanto as outras formas de pesquisa e exige mais disciplina intelectual que as perguntas de pesquisas de opinião.Thiollent afirma que alguns autores acreditam que a PA tem caráter ideológico, não-científico. Mas a pesquisa-ação busca compreender o saber popular, apoiar manifestações espontâneas oriundas do povo. Isso não quer dizer que as teorias não são utilizadas e que a pesquisa não possui um caráter científico.
Participar de ações não significa que o pesquisador é favorável à ideologia adotada poraquele determinado grupo. Sem se solidarizar com as ações coletivas seria impossível ao pesquisador captar seu objetivo de pesquisa. Mas é necessário que fazer uma avaliação constante do envolvimento do pesquisador na ação. As dimensões ideológicas e políticas dos procedimentos utilizados também devem ser avaliadas por parte dos pesquisadores e dos usuários.
Alguns sociólogos criticaram a PP por...
tracking img