Resenha maomé-karen armstrong

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3181 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
APRESENTAÇÃO
A concepção a cerca do Islã não tem embasamento histórico. Já que a história do Islamismo é marcada por lutas com fins de preservar sua fé e tradições. E para isso propõe e utiliza meios pacíficos, optando apenas em última instância à espada. Em muitos séculos, os mulçumanos foram capazes de conviver pacificamente com os cristãos. Ou seja, desde sua fundação, esses conflitosexistentes na atualidade são bastante recentes, considerando-se a cronologia árabe mulçumana.

A autora de Maomé, Karen Armstrong nasceu em Wildmor (14 de novembro de 1944). Sua área de pesquisa é voltada para temas religiosos, em particular o judaísmo, o cristianismo e o islamismo, embora seja ateia. Com 17 anos ela foi noviça e em 1965 assumiu os votos de freira. Em 1969 decepciona-se com a vidareligiosa e opta por estudos literários onde tenta o doutorado e que foi posteriormente recusado. Fato este que a impediu de ensinar em uma faculdade. Sua primeira publicação foi em 1981 Trough the Narrow Gate (Através do portão estreito), em que ela relata a sua experiência fracassada no convento em que viveu e que se tornou um Best seller.
Através de um programa em Jerusalém, Karen volta à esferadas religiões abraâmicas dessa vez no mundo acadêmico. A obra “Maomé: a biografia do profeta” foi publicada em 1992. O Livro está dividido em 10 capítulos, indicando a trajetória cronológica do profeta, juntamente com o povo árabe. Sendo que em todos os capítulos ela expõe sua visão sobre a vida de Maomé. A autora analisa não só pela visão religiosa que tanto influencia o povo árabe, mas traçaparalelos políticos, econômicos e militares e chega até a comparar o profeta islâmico com o profeta do cristianismo, Jesus.
E a finalidade deste livro é desmistificar a idéia deturpada, violenta e bélica, que se tem dos islâmicos. Cujo tal agente difamador são as vias tele comunicativas ocidentais. Existe um processo ainda muito longo a si percorrer. Nossa tentativa é apresentar uma religiãodiferente da qual o mundo ocidental pensa conhecer.
Até o século XIII, a convivência entre mulçumanos e cristãos era, de certa forma, pacífica. Acredita-se que a hostilidade religiosa iniciara-se quando Maomé teria começado um ataque a Espanha, que era cristã católica. Mas antes disso, havia uma tolerância mútua. Aliás, muitos cristãos adoravam a literatura árabe, e os mesmos não eram contrários a ouviroutras religiões. Contanto que, a figura de Maomé não fosse atacada. Essa convivência , no entanto , não era totalmente pacífica. Existem raros casos de mártires cristãos que atacaram a Maomé, declarando que a ascensão do Islã era um prenúncio para o advento do Anticristo – trechos descritos no Novo Testamento coincidem com a trajetória do povo islâmico, encaixando-se com as antigas profecias.Tais afirmações apregoavam que o islã era uma heresia; e mais que isso, uma religião violenta e que louvava a guerra. Infelizmente, o ódio existente contra os mulçumanos iniciou-se com o fim da Primeira Cruzada (que inicialmente tinha fins apenas expansionistas). As cruzadas fomentaram às péssimas relações entre mulçumanos e cristãos, e os mesmos criaram diversas histórias fantasiosas, declarando aheresia presente no Islamismo.
Maomé nasceu por volta do ano 570, morava em Meca, cidade esta que tinha se tornado um grande centro comercial e de peregrinação, por causa da Caaba (antigo santuário, que muitos acreditavam ser templo de al-Llah). Juntamente com sua família, Maomé costumava fazer retiros, e foi justamente em um desses retiros que ele recebeu sua primeira revelação. Inicialmente, oprofeta ficou bastante assustado e confuso, mas logo depois interpretou que Deus estava lhe dando a oportunidade de fundar uma religião destinada ao povo árabe , assim como o povo do livro , os judeus. Para os árabes o livro ao qual Deus os tinha preparado seria o Corão, ao qual deveria ser obedecido radicalmente. Muito antes da formação da cidade de Meca, o povo árabe praticava o nomadismo....
tracking img