Resenha livro: a vida do ives ota – o mensageiro da paz

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1434 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A vida do Ives Ota – O Mensageiro da Paz
Autores: Iolanda Keiko Ota e Masataka Ota

O livro conta a historia de uma família, que teve uma transformação em suas vidas, e aprendeu o verdadeiro significado da palavra perdão, após a morte do Ives Ota, que chocou o país inteiro, e assim deu a origem ao Movimento da Paz e Justiça Ives Ota, que tem como meta conscientizar as pessoas de que somenteatravés do perdão o ser humano pode ser feliz.
Massataka( também chamado Massa por todos os seus conhecidos) e Keiko se conheceram no Brasil, namoraram por dez anos, depois se casaram. Tiveram sua filha Vanessa, uma menina linda que não gostava de beijos e abraços e um filho chamado Ives, uma criança carinhosa e afetiva e em alguns aspectos especial, pois era uma criança diferente das outras, sepreocupava com certas coisas que nenhuma outra criança se preocupa.
Massa e Keiko eram comerciantes, se enquadravam, na classe média, possuíam, a loja de R1,99(preço único), os pioneiros desse ramo em são Paulo.
Ives Ota, adorava ficar ao lado de sua irmã Vanessa, os dois brincavam, faziam lições juntos, e sempre jogavam videogame. Quando Vanessa ia passear, Ives sempre queria ir junto.Lembranças de Vanessa: “ ...nos dávamos muito bem...os brinquedos que ele pegava na loja do papai era para dar para mim e nunca para ele.”
Outra pessoa que Yves adorava era sua babá, Dona Elvira, ela comenta que no dia do sequestro, Ives ia junto com sua irmã, em uma festa de aniversário, mas Ives não quis ir e ficou jogando videogame em casa seu primo.
Um dia quando Keiko e Massa, passaram por umafloricultura com as crianças , as crianças pegaram flores coloridas e Ives pegou um pequeno vaso, que contida lírios da paz. Sua mãe o questionou porque ele escolheu isso, e ele disse: “ Leia o que está escrito: Lírio da Paz...não quer levar ‘Paz’ para casa?”, Ives era realmente um garoto muito especial.
Um outro fato em relação ao pequeno Ives, ele escolheu estudar em uma humilde escola, mesmo ospais podendo oferecer algo melhor. No primeiro dia de aula ao voltar para a casa a mãe perguntou-lhe como foi lá na escola e ele respondeu: “Gostei muito de tudo e estou feliz”.
Um dos momentos mais marcante na minha opinião. foi na época de páscoa, quando Ives e seus pais, estavam levando ovos de páscoa de presente para se familiares, quando uma criança chegou perto do carro e pediu dinheiro eMasataka(o pai), disse que iria dar 5 reais, pois era páscoa, mas Ives quis dar os ovos para a criança, mesmo sabendo que os ovos eram de sua família, os ovos estavam acabando e ainda tinha outras crianças que apareceram depois, então Ives abriu o último ovo de páscoa e repartiu entre ele, um ato singelo e bonito, parecido com o acontecido com Jesus, que repartiu pão de sírio em pedaços e ofereceua todos as pessoas( para saciar a fome) e vinho( para saciar a sede). Na páscoa seguinte, após a morte de Ives, Massa voltou ao mesmo lugar, dividindo os ovos para as crianças, uma lembrança que Massa nunca irá esquecer.
Um mês antes do sequestro, houve um assalto em frente da casa da Keiko e marcaram o número da placa da moto do ladrão, então fizeram um boletim de ocorrência.
No dia 29 deagosto de 1997, o garoto Ives de oito anos, foi sequestrado por três homens que trabalhavam para a família, na Vila Carrão, em São Paulo, onde estava brincando com seu primo na sala, sob cuidados de sua babá.
Porém, já estaria morto na madrugada do dia seguinte ao sequestro com dois tiros no rosto, mesmo assim ligaram para a família pedindo dinheiro em troca. Os sequestradores faziam a segurança naslojas de seu pai, sendo que dois deles eram Policiais Militares.
No dia do sequestro os pais sentiram um pressentimento e resolveram ir para casa mais cedo, chegando lá viram viaturas de polícias na rua, e eles pensaram que fosse algo no vizinho, mas depois receberam a notícia que Ives foi sequestrado, no primeiro momento Keiko( a mãe), pensou que fosse ladrões e o seu filho se assustou e por...
tracking img