Resenha Livro Escola, Estado & Sociedade

Páginas: 7 (1700 palavras) Publicado: 19 de março de 2014
Resenha do capítulo do livro Escola, Estado & Sociedade, da autora Bárbara Freitag.
Essa é uma obra que apresenta a interpretação sintetizada de um quadro que aponta as medidas educacionais que foram implementadas pelo governo, em um determinado período, entre 1964 e 1975, em que apresenta um enfoque sociológico que busca referência na sociologia e na economia da educação.
Minha trajetória sedeu totalmente em Curitiba, tendo o ano de 1967 como início em uma escola municipal, Grupo Escolar São Francisco de Assis, entre 1967 e 1971 percorri as primeiras 5 séries do então “primário” participando inclusive do “amedrontador” exame de admissão à 5ª série.
Quando a autora começa apresentando dois pontos do conceito de educação, que aparecem nas teorias de quase todos os autores:
1 – “(...)a educação sempre expressa uma doutrina pedagógica, a qual implícita ou explicitamente se baseia em uma filosofia de vida, concepção de homem e sociedade (...)” (FREITAG, 1986)
Consigo perceber que quando ela aponta
2 – “Numa realidade social concreta, o processo educacional se dá através de instituições específicas (família, igreja, escola, comunidade) que se tornam porta-vozes de umadeterminada doutrina pedagógica.” (FREITAG, 1986).
É pressuposto que as experiências das gerações adultas é indispensável para a sobrevivência das gerações mais novas e era exatamente o que acontecia comigo, comigo, “as gerações adultas suscitam nas crianças através dessas instituições,” (FREITAG, 1986), pois tinha que seguir os exemplos dos mais velhos, respeitar os vizinhos e ainda fazer catequese.Continuando a resenha, Émile Durkheim, segundo a autora, é o primeiro a sistematizar o papel da educação, conforme a autora:
“A educação é para Durkheim o processo através do qual o egoísmo pessoal é superado e transformado em altruísmo, que beneficia a sociedade. Sem essa modificação substancial da natureza do homem individual em ser social, a sociedade não seria possível. A educação se tornaassim um fator essencial e constitutivo da própria sociedade”. (FREITAG, 1986)

A autora nos fala em uma parte desse capítulo que na obra Social System, Talcott Parsons também se inspira em Durkheim e que Parsons entende que a educação é um mecanismo para que os sistemas sociais constituam-se e perpetuem-se. Só que Parsons não destaca a coerção do sistema como destaca Durkheim. Entendemos entãoque para Durkheim e Parsons a educação é o know-how necessário transmitido entre as gerações para manter a estrutura e o funcionamento de uma sociedade.
A autora quando fala na educação como um fator dinamizador das estruturas através do ato inovador do indivíduo aponta que
“Divergem substancialmente dessa posição autores como Dewey ou Mannheim. Ambos vêem na educação não um mecanismo de correçãoe ajustamento dos indivíduos a estruturas societárias dadas, mas um fator de dinamização das estruturas, através do ato inovador do indivíduo”. (FREITAG, 1986)

“Assim vista, a educação exigida por Dewey vem a ser uma doutrina pedagógica específica da sociedade democrática. Educação não é simplesmente um mecanismo de perpetuação de estruturas sociais anteriores, mas um mecanismo de implantaçãode estruturas sociais ainda imperfeitas: as democráticas. (...) Pode haver diferenças de nível e de qualidade entre os indivíduos, mas eles as aceitam como justas porque adquiridas democraticamente”. (idem)

A educação exigida por Dewey é uma doutrina pedagógica específica da sociedade democrática, é um mecanismo de perpetuação de estruturas ainda imperfeitas, as democráticas. A igualdade dechances é a base social que suporta estas estruturas, não a da igualdade entre seres humanos. A ordem que reina é a da competição fazendo com que os conflitos sejam democraticamente solucionados.
A versão de Dewey é por Mannheim ampliada onde o controle racional e democrático da natureza e da história dos homens precisa existir. Algumas técnicas sociais existem para exercerem este controle, sendo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha livro a sociedade contra o estado
  • Resenha sobre o livro, “A sociedade contra o estado”
  • Resenha estado governo sociedade
  • Resenha: A Sociedade Contra o Estado
  • Resenha estado governo e sociedade
  • Resenha a sociedade contra o estado
  • RESENHA DO LIVRO: ESTADO GOVERNO SOCIEDADE: PARA UMA TEORIA GERAL DA POLÍTICA
  • Resenha do livro sociedade tecnológica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!