Resenha: Jornalismo na era da publicidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1644 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de maio de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
MARSHALL, Leandro. O jornalismo na era da publicidade. São Paulo: Summus, 2003.

Ludmila Pereira de Almeida

Publicado em 2003 a obra O Jornalismo na era da publicidade, do jornalista Leandro Marshall é resultado da sua dissertação de mestrado em Comunicação Social que ele defendeu na Umesp. Leandro Marshall é natural de Santa Maria, RS, atua há mais de 20 anos em jornalismo no Rio Grande doSul. Marshall é Doutor em Ciências da Comunicação (PUC/RS), Pós-Doutor em Sociologia (UnB/DF), Mestre em Teorias da Comunicação (UMESP/SP), Especialista em Filosofia pela UNB e Especialista em Comunicação Social pela UPF/RS. Atualmente é professor universitário no DF, Analista em C&T do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e pesquisador colaborador da Universidade de Brasília(UnB). Publicou, como organizador, Ensaios Midiáticos (ed. UPF) e O Jornalismo na Era da Publicidade (Ed. Summus). É membro da Comissão de Avaliadores do SINAES/MEC e é parecerista do Guia do Estudante, desde 2007. Conquistou o primeiro lugar no Prêmio da Associação Riograndense de Imprensa (ARI) em 1991, por reportagem desenvolvida no jornal Correio do Povo. Desenvolve pesquisas nas áreas da estética,da comunicação e da cibercultura. Tem participado dos principais congressos e eventos acadêmicos da comunicação no Brasil e no Rio Grande do Sul.
O livro Jornalismo na era da publicidade é dividido em cinco capítulos e nos atenta para a falta de questionamento e aprofundamento dos fatos que o jornalismo vem sofrendo ao dar lugar à publicidade. Para isso Marshal se apoia em diversos teóricos epensadores como Haug, Marcondes Filho, Albertos, Baudrillard, entre outros. O livro se inicia com uma introdução, que aborda de maneira geral o que será dito no livro e sintetiza os cinco capítulos a fim de nos dar uma premissa do que teremos a frente. O capitulo um é “Jornalismo pós-moderno” e nos mostra como o jornalismo se encontra atualmente com todas as mudanças de contextos e ideologiaspregadas pelo capitalismo. Em que a informação passa a ser secundarizada e os elementos que trazem lucro são postos em primeiro plano. Assim, o autor aborda como a chegada do neoliberalismo levou a uma mudança do modo de se fazer jornal e aponta cinco características que esse novo período ocasionou no jornalismo, são elas: a mutação dos jornalistas; a mutação da informação, a mutação do jornal, amutação do jornalismo e a mutação da imprensa.
No segundo capitulo “História econômica da imprensa” o autor nos traz um pouco do histórico de como surge a imprensa e de como ela foi se configurando até chegar aos dias atuais. Aqui podemos perceber como o capitalismo e as artimanhas da publicidade foram se incorporando no jornalismo e cedendo espaço a ela ao transformar a notícia em um produto devenda. Passando pelo sensacionalismo, que espetaculariza as informações sem grande relevância, até a importância do jornalismo de opinião e de como ele proporcionou para se obter batalhas ideológicas, polemicas, conflitos políticos e defesa de ideias. E chegando ao domínio da publicidade no século XIX e a popularização do jornal, pelo fácil acesso das classes baixas, com o Penny Press.
No capítulotrês intitulado “A era da publicidade” o autor traz como a publicidade, uma forma de estratégica do capitalismo, tomou grande espaço nos jornais e o submeteu as suas características de funcionamento, ao procurar fazer do leitor também consumidores, para que assim a engrenagem capitalista continue funcionando. Isso fez com que o jornalismo clássico, aquele que focava na notícia, na informação comimparcialidade, fosse se tornando algo não produtivo, do ponto de vista capitalista. Além disso, o autor aponta como os jornais procuraram atingir seus vários públicos através da linguagem publicitária, persuadindo e focando os diferentes mercados consumidores.
No capitulo quatro “A queda do muro” o autor aborda como a barreira existente entre o jornalismo e a publicidade foi quebrada pela fusão...
tracking img