Resenha hobbes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1187 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Livro: HOBBES, Thomas. Leviatã. São Paulo, Abril Cultura, 1983

Hobbes inicia o capítulo XIII de seu livro, mostrando que por natureza todos os homens iguais tanto
às faculdades do corpo, tanto para as de espírito e que mesmo havendo diferença entre um e outro
homem, as diferenças não são consideráveis para apresentar um malefício a qualquer um.
Após isto, ele começa a mostrar que todos oshomens eram livres, porém viviam em um estado
que ele chamava de “guerra de todos contra todos”, como exemplo ele fala que dois homens que
desejam a mesma coisa e ela sendo impossível ser gozada pelos dois se tornavam inimigos, sendo
assim, havia sempre o constante perigo de morte.
Deste modo ele mais a frente diz que a natureza do homem tem 3 causas principais de discórdia,
que são:competição, desconfiança e gloria. O primeiro leva um a atacar o outro visando o lucro,
o segundo a segurança e o terceiro a reputação. E uma conseqüência dessa condição em que
viviam era a de não haver propriedade, nem domínio, e nem distinção entre o que é de cada um,
tendo em vista que cada um podia ter o que quisesse através da força.
Mais a frente Hobbes explica o que ele chama de leis danatureza (“como a justiça, a equidade,
a modéstia, a piedade, ou, em resumo, fazer aos outros o que queremos que nos façam”) e que
a principal lei de natureza é a de que somos incapazes de tirar nossas próprias vidas ou se privar
dos meios de reservá-la.
Apresenta a seguinte frase: “A transferência mutua de direitos é aquilo a que se chama contrato”,
porém se não for uma transferência mutua deambas as partes é considerado como doação. A
partir destes dados apresenta que nenhum contrato pode ser garantido quando se vive apenas
nas condições de simples natureza (que é a guerra de todos contra todos), pois não se há garantia
de que as partes iram cumpri-las, portanto para haver um contrato não nulo, é preciso ter um
poder comum situado acima dos contratantes, com direito e forçasuficientes para impor seus
cumprimentos.
“Porque as leis da natureza (...) por si mesmas, na ausência do temor de algum poder capaz de
levá-las a ser respeitadas, são contrárias a nossas paixões naturais, as quase nos fazem tender
para a parcialidade, o orgulho, a vingança e coisas semelhantes”. Pois se fossem respeitadas as
leis da natureza em um poder comum que mantivesse todos em respeito,nesse caso não haveria
necessidade de um governo civil ou Estado, pois haveria paz. Porém não é esta a realidade do
homem, o homem vive numa competição pela honra e dignidade, e também com a realidade de
um se julgar mais sábio e mais capacitado que os outro, com isto Hobbes vê que para existir a
devida segurança, é necessário a criação de um meio que é capaz de assegurar a segurança dosindivíduos de forma eficiente e permanente.
Este poder comum a que ele se refere é o poder de um soberano ou uma assembléia de homens,
que se tornam representantes das pessoas para que seja assegurada a paz e a segurança
comuns. Desde modo todos submetem suas vontades às vontades do representantes, pois
estes representantes são assim eleitos ou pela pluralidade de votos ou pelo uso da força parainstaurar este poder. Exemplificando tudo dito acima pelo seguinte trecho: “Diz-se que um Estado
foi instituído quando uma multidão de homens concordam e pactuam, cada um com cada um dos
outros , que a qualquer homem ou assembléia de homens a que seja atribuído pela maioria o
direito de representar a pessoa de todos eles (...) tanto os que votaram a favor dele como os que
votaram contra ele,deverão autorizar todos os atos e decisões desse homem ou assembléia de
homens”. E pertence ao soberano “prescrever as regras através das quais todo homem pode saber
quais os bens de que pode gozar, e quais as ações que pode praticar” e é a isto chamado de
propriedade.
Para Hobbes liberdade significa ausência de oposição (entendendo que estes seriam os
impedimentos externos do movimento)....
tracking img