Resenha guia politicamente incorreto da historia do brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1766 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
NARLOCHE LEANDRO, Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil, São Paulo: Editora: Um Grupo da Leya. 2011
ISBN: 9788562936067
CREDENCIAS E NOMECLATURAS:
Diretor editorial: PASCOAL SOTO
Coordenação de produção editorial: TANIA BISPO
Coordenação de produção: CAROCHINHA EDITORIAL
Edição: DIEGO RODRIGUES
Preparação de textos: SOLANGE LEMOS E NAIA DINIZ
Revistas de provas: ELVIRACASTANON E CECILIA MADARAS
Índice: LEANDRO MORITA E ELCIRA CASTANON
Capa e projeto gráfico: ANA CAROLINA MESQUITA/ CANDOMBÁ
Diagramação (2ª Ed.) CAROCHINHA EDITORIAL
Ilustrações de capa e miolo: GILMAR FRAGA
Dados internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasília.)
Narloch, Leandro - Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil/
LeandroNarloch; ilustrações Gilmar Franga. Soa Paulo: Leya, 2011.
BIBLIOGRAFIA. 2ª Ed., revista e ampliada.
ISBN 978-85-62936-06-7 - Brasil – História 2.- Brasil – Historiografia. Fraga, Gilmar II. Título.
D9-11344 CDD-981.0072 - Índices para catálogo sistemático: 1. Brasil: Historiografia 981.0072
2.Historiografia. Brasil 981.0072
Escreva para o autor: leandron@uol.com.br
2011-2ªedição.revista e ampliada Todos os direitos desta edição reservados a texto editores LTDA. [Uma editora do grupo Leya]
Av. Angélica, 2163-Conjunto 175 01227-200-Santa Cecília –São Paulo, SP – Brasília – WWW.leya.com
2ª EDIÇÃO, REVISTA E AMPLIADA - 1ª reimpressão LeYa

RESENHA DO LIVRO GUIA POLITICAMENTE INCORRETO DA HISTÓRIA DO BRASIL
LEANDRO NARLOCH

Introdução:

No livro, segundo o autor eleprocura desconstruir alguns chavões recorrentes quando se trata da história do Brasil. Ele passa pela questão do relacionamento entre índios e negros com os brancos, pela Guerra do Paraguai, pela negociação do Brasil com a Bolívia sobre o Acre, pela biografia do escultor Aleijadinho, pela invenção do avião e outros fatos, que segundo o autor, têm um entendimento geral diferente dos fatos realmenteocorridos como das escolas de samba Getulio Vargas entre outros.
Segundo o autor ele faz o papel de defensor da História brasileira, procurando nos mostrar com um diferencial, um lado totalmente diferente daquele que sempre nos foi mostrado seja pelos livros didáticos ou pelas histórias comuns das pessoas.
Será que o autor neste livro, ao inverter o sentido dos fatos históricos, estejafazendo a mesma coisa que os livros oficiais fazem, Entretanto com um ponto de vista diferente, ou seja, vender uma verdade absoluta sobre fatos históricos em que ele não viveu.
Os fatos históricos são muito complexos do que se pode registrar em um livro. Qualquer registro sempre vai envolver um ponto de vista mais restrito que a realidade, que pode não ser totalmente verdadeiro, mas pode também nãoser totalmente falso certamente em se tratando de um ponto de vista novo devemos pesquisar a fundo todas as histórias anteriores, principalmente quando se tem registros dos fatos como cartas e documentários e outras provas verídicas comprovando os fatos relatados pelos escritores dos mesmos.
O próprio autor cita isso no livro e questiona se ele apenas não estaria fazendo o papel inverso doslivros oficiais, sabemos que qualquer autor pode fazer tal papel lendo os livros oficias e fazendo anotações ele é capaz de tal proeza. Ele argumenta que este tipo de questionamento não tem muita importância, pois ele apenas está procurando revisar aquilo que de maneira geral se considera como verdade absoluta e fazer com que as pessoas tenham uma postura mais crítica ao ler um relato histórico, comessa visão nos mostra que os livros oficiais os relatos são verídicos quando se tem os documentos que comprova o que está escrito, pois o próprio autor deixa claro que esse livro se trata mais para que tenhamos uma visão mais critica do que lemos e na nossa própria escrita.
Segundo o autor ele se vale bastante de referências bibliográficas dá para perceber que ele não procura fazer...
tracking img