Resenha filme a cruzada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1629 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Título do Filme:

Cruzada (Kingdom of Heaven)

2. Diretor:

O diretor do filme é Ridley Scott. Nasceu em South Shields, Tyne and Wear,Inglaterra, filho de Elizabeth e Colonel Francis Percy Scott. Estudou fotografia no "Royal College of Art" e ajudou a estabelecer aí um departamento cinematográfico na década de 60. Após a graduação, conseguiu um curso de formação na BBC que o levou atrabalhar na popular série de televisão. Juntamente com Alan Parker, Hugh Hudson e o seu irmão mais novo Tony Scott criou uma empresa de publicidade. Após ter singrado no mercado da publicidade inglês partiu para Hollywood onde produziu e realizou alguns filmes de grande êxito. O seu estilo muito visual, influenciou uma geração inteira de realizadores, alguns dos quais se limitaram a copiá-lo.Ridley Scott é conhecido por ser um realizador muito versátil; raramente fazendo dois filmes do mesmo estilo, e alguns deles são considerados, normalmente, como dos melhores no seu estilo. Scott recebeu a nomeação para melhor realizador por três vezes; em 2003 recebeu o título de “Sir”

3. Ano de Lançamento:

O filme foi lançado em 2005.

4. Assunto:

Em meio à nobreza e à intriga daJerusalém Medieval, terra disputada por três povos, Balian um jovem Frances, que após ter perdido tudo, encontra honra e perdão em uma busca valorosa. Numa luta desigual ele enfrenta todos os desafios para salvar seu povo e cumprir seu destino.

5. Delimitação temporal:

O filme se passa no ano de 1184.


6. De que trata:

Balian um jovem ferreiro, estava de luto, pois havia perdido seu filhoe sua mulher (que se suicidou). Foi quando seu pai verdadeiro foi procura-lo para conhecê-lo e chama-o para seguir a Jerusalém com ele onde tinha homens a comandar.
Aconselhado por um padre (o qual acabou matando por falar mal de sua mulher) ele resolve seguir a cruzada, num ato de fuga e de esperança de dias melhores.
Queria pagar por seus pecados na terra santa. No acampamento onde seu pai eoutros cavaleiros estavam Balian recebeu dicas de como lutar, porem foi interrompido por homens do exercito que vieram o prender pela morte do padre.
Seu pai não o entregou, e então uma luta começou. O pai de Balian foi gravemente ferido e muitos dos seus cavaleiros morreram, mesmo assim eles continuaram a viagem. Chegando no porto, o pai de Balian sentindo que estava morrendo, passa-lhe aresponsabilidade de defender o rei e o povo de Jerusalém, e buscar a paz entre cristãos e mulçumanos lhe concedendo o poder de cavaleiro.
Quando seu pai morre, ele então parte para Jerusalém pelo mar, mas o barco onde estava naufraga e, ele para em uma ilha onde consegue um cavalo. Através de um guia que consegue após poupar sua vida, Balian chega a Jerusalém. Ele sobe a montanha onde Cristo foicrucificado e reza pedindo perdão e esperando que Deus falasse com ele. Depois ele encontra o exercito que seu pai comandava e que agora estava sob seu comando.
Balian então, se torna o Barão e aprende que as ações de sua mente e de seu coração os farão um bom homem. Mas a paz entre os saladinos (mulçumanos) e os cristãos era o dever do rei e de seus cavaleiros.
O rei conhece Balian. O rei sofria delepra e por isso usava uma mascara e luvas para esconder a deformidade que a doença causava. Ele mandou Balian para a casa que tinha sido do pai de Balian, para que ele protegesse o povo indefeso.
Balian ajudou o povo a encontrar água e melhorou muito a vida do povo daquelas terras que eram de seu pai.
A princesa Sybilla, irmã do rei, se apaixonou por Balian porem ela já estava comprometidacom Guy de Lusignan um homem prepotente que defendia a guerra com os saladinos, para tomar Jerusalém por completa para os cristãos. Quanto isso, o exercito saladinos se aproxima das terras de Balian, então se encontram o exercito de Jerusalem (em bem menor numero) e o exercito saladino. Porem não houve batalha apenas a acusação de ofensa e de um ataque por parte dos cristãos.
O rei mesmo doente...
tracking img