Resenha filme germinal

O Filme “Germinal” é baseado num romance francês, do escritor Émile Édouard Charles Atoine Zola, publicado em 1881, foi produzido em 1993, dirigido por Claude Berri. O filme retrata a realidadesócio-política da França no século XIX, na qual a expansão do capitalismo se faz presente e a exploração da mão de obra da classe trabalhadora culminará num esboço do que futuramente viria a se tonar agreve dos trabalhadores.
O foco do filme será em torno de uma família de trabalhadores de minas de carvão, que vivem em extrema miséria e penúria. O personagem do ator Gerard D’epardieu, o chefe destafamília, trabalha como minerador deste os 8 anos de idade, no entanto, após muitos anos de exploração e nenhuma melhoria, é influenciado pelas ideias de um novo trabalhador recém-chegado. Como estetrabalhador não é natural do Vilarejo percebe o quão explorados são aqueles que ali vivem, e sua vivencia num ambiente que já possuía um espírito reivindicatório o fará aliar-se com o chefe da referidafamília, que é o trabalhador mais antigo da mina e já possui certa influencia, para organizar os demais trabalhadores a fim de conseguir melhorias salarias.
O primeiro passo tomado pela dupla passaa ser, então, criar fundo de reserva a fim de iniciarem uma greve, assim, cada trabalhador deveria contribuir com uma pequena quantia. Iniciada a primeira paralisação há uma tentativa de acordo com odiretor geral da mina, no entanto, não obtêm sucesso, pois o mesmo tenta justificar afirmando precariedade financeira das companhias.
Em confronto à realidade dos trabalhadores, o cotidiano daclasse burguesa é totalmente oposto, banhado de refeições fartas e casas luxuosas. Em algumas cenas aparece o noivado da filha de um dos donos da minas, no qual, tratava-se também de um negócio para afusão de capitais.
A chegada de novos trabalhadores vindos da Bélgica, assim como também, a ameaça das de demissão caso não voltassem ao trabalho, irá agravar as tensões. Alguns trabalhadores...