Resenha feita por pedro correia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (708 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO DE ENSINO UNIFICADO DE TERESINA
CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO
ALUNO: PEDRO HENRIQUE DO CARMO CORREIA
DISCIPLINA: ANTROPOLOGIA JURÍDICA
TURMA: 2 D, NOTURNO
PROFESSOR: MARCONDES BRITOMONITOR: JOARES CAVALCANTE

RESENHA CRÍTICA

TERESINA, PI
NOVEMBRO/2011
BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF, Senado, 1998.

FOUCAULT,Michel. A ordem do discurso. Loyola. São Paulo 2010
Ilha das Flores. Produção: Jorge Furtado. Porto Alegre: Casa de Cinema de Porto Alegre, 1989

O ser humano em meio ao capitalismo e seu individualismoproduz diferenças alarmantes em condições de vida, uns com tão alto padrão de vida, e outros na miséria, sem ter o que comer, e assim, a vida social segue. O documentário Ilha das Flores retratajustamente o ultimo grupo citado, que consiste em um grupo social desprezado, tanto por outros grupos, quanto pelo próprio estado.
O documentário apresenta um lugar de deposito de lixo, nomeado Ilhadas Flores, que recebe o lixo da cidade de Porto Alegre. Lá, o lixo atrai germes e bactérias que causam doenças, o grupo social presente, vive, portanto, em condições precárias, propriamente emsituações “desumanas”, catando o lixo da sociedade para sobreviver. A cena principal no documentário mostra um alimento descartado por um cidadão comum da cidade que o julgou improprio para consumo. Talmaterial orgânico vai para o lixo, e ao chegar à ilha das flores, é primeiramente selecionado por um criador de porco, que escolhe o que ainda pode aproveitar para a alimentação dos porcos, e o resto édeixado ao chão para a população da ilha das flores se alimentar. Assim, esse grupo social é tratado abaixo dos animais, sendo como “sub-humanos” que não merecem mais que os porcos.
E o que coloca osseres humanos da ilha das flores atrás dos porcos? É o fato de não terem dinheiro e nem dono. Isso é um sintoma ou característica da sociedade capitalista, que visa apenas o lucro e não se importa...
tracking img